Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Pequenos ajustes tornam uma casa segura para os idosos

A- A+

Ter uma casa segura que garanta a sua proteção e da sua família é um desejo comum. Invasões externas, incêndios e outros fenômenos relacionados a causas naturais, como raios e tempestades, normalmente, são as maiores preocupações. Mas você já pensou em garantir também a segurança das pessoas idosas contra quedas e acidentes domésticos?

Mais frágeis, devido ao enfraquecimento dos ossos, que é comum na faixa etária, a população idosa tem maior chance de sofrer uma fratura.

Cerca de um terço dos atendimentos por traumas nos hospitais brasileiros são direcionados a pessoas com mais de 60 anos. E o mais espantoso é que cerca de 75% das lesões acontecem dentro dos lares. O levantamento foi realizado pela Associação Médica Brasileira.

Idosa precisa de casa segura

Maior vulnerabilidade do idoso a quedas exige cuidados preventivos na casa. Foto: iStock, Getty Images

Sua casa segura para idosos

Dado o elevado número de incidentes, adotar alguns cuidados pode fazer toda a diferença na hora de garantir uma casa segura para idosos. Pensando nisso, a Secretaria Municipal de Saúde de São José dos Campos (SP), através do Programa Saúde do Idoso, criou uma cartilha com algumas dicas de proteção contra acidentes.

Conheça modificações simples que você pode fazer na sua casa a fim de torná-la mais segura:

Sala

– Evite excesso de móveis e dê preferência a modelos arredondados para evitar lesões mais graves

– Ajuste a altura de sofás e poltronas e priorize mobílias com apoios laterais para facilitar no ato de sentar e levantar

– Se tiver tapetes, priorize material antiderrapente na parte inferior. O ideal é não ter esse acessório em casa.

Quarto

– A altura da cama correta é quando o idoso se senta na sua beira e consegue colocar facilmente os dois pés no chão. Barras de apoio dão mais segurança para o idoso se levantar, principalmente quando sonolento

– Tenha os interruptores sempre perto da cama e, se possível, coloque um abajur próximo à cabeceira

– Garanta os armários em altura que permita o acesso fácil.

Cozinha

– Torneiras com alavanca facilitam o manuseio

– Prefira pratos e copos de metal

– Utensílios como panelas com alças laterais e longas ajudam a dividir o peso e evitar queimaduras.

Banheiro

– Trancas que abrem por dentro e por fora ajudam na eventualidade de o idoso se sentir mal ou sofrer uma queda

– Vaso sanitário em altura maior facilita no momento de levantar

– Box deve ter porta de correr, adesivos antiderrapantes no piso, barras de apoio, banco ou cadeiras especiais para banho.

Lavanderia

– Mantenha os eletrodomésticos em altura que permita seu manuseio

– O varal de teto deve possibilitar o manuseio individual. Aqueles que descem em conjunto ficam pesados e perigosos

– Tábuas de passar roupa com altura regulável, em que o braço fique com um ângulo de 90°de flexão, dão mais estabilidade e ajudam a evitar queimaduras.

O banheiro de uma casa segura.

Banheiro deve receber investimentos para garantir a estabilidade do idoso. Foto: iStock, Getty Images

Outros cuidados da casa segura

Além desses cuidados nos cômodos da sua residência, outros itens são fundamentais para garantir a casa segura para idosos. Todas as escadas ou rampas do edifício devem conter corrimãos que cubram a sua completa extensão e se estendem por 30 centímetros do início ao final.  

Cuidados com a iluminação externa também são fundamentais. Se a parte de fora da casa tem pouca luz, recomenda-se que pinte as bordas dos degraus de branco para uma melhor visualização no escuro.

Você vai se interessar por:

Gastos com casa devem incluir tecnologias de segurança

Vai viajar? Veja dicas de segurança ao deixar sua casa vazia

Veja medidas de segurança simples para evitar incêndio

Seguro para os seus bens

Para ter um casa segura de verdade, somente com uma proteção extra. Clientes Vivo podem contratar seguro residencial que garante, entre outras coberturas, amparo contra incêndio, raio e explosão. A apólice garante o pagamento de uma indenização, quando ocorrer danos à sua residência ou ao seu conteúdo.

O seguro ainda cobre prejuízos decorrentes de roubo ou furto qualificado, de problemas causados por danos elétricos e Responsabilidade Civil Familiar.

> Seguros para seus bens: Garanta proteção contra incêndio, raio, danos elétricos, roubo e furto

Gostou das dicas para tornar a casa segura? Compartilhe!

Comprar casas em Orlando é opção
Como é morar no campo
Trabalhando na reforma de casas antigas
Como escolher corretora para Tesouro Direto
Uso de LED no projeto de iluminação residencial
Reaproveitamento da água do chuveiro