Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Paulistas terão que desembolsar mais para pagar conta de água

A- A+

Os paulistas sentirão no bolso o maior peso para pagar conta de água. A Sabesp – empresa que abastece os sistemas de água e esgoto no estado – anunciou um reajuste de 8,4%, válido a partir de 12 de maio.

Novos valores para pagar conta de água

As famílias de baixa renda serão menos atingidas pelo reajuste. A tarifa social, que hoje é de R$ 7,00 para cada 10 metros cúbicos de água, passará para R$ 7,59. Os mesmos valores são válidos para o sistema de esgoto.

Já nas demais residências, a tarifa, que hoje é de R$ 20,64, passará para o valor de R$ 22,38 – assim como o sistema de esgoto – a partir de maio. Consumidores das cidades de Lins, Magda e Glicério não sofrerão com o aumento. Nesses locais, as mudanças ocorrerão em datas diferenciadas.

Economizar para pagar conta de água

Adotar medidas de economia, como ao lavar louça, ajuda a reduzir valor da conta. Foto: iStock, Getty Images

A ideia é compensar a inflação anual, que foi de 9,3% de março de 2015 a março de 2016. Desse índice, porém, desconta-se o percentual de eficiência, que foi de 0,9%. O aumento ocorre menos de um ano antes do último reajuste, que foi de 15,24%.

Na ocasião, a iniciativa da companhia foi motivada pela crise hídrica paulista e a grande perda de volume de água. Por isso, o último reajuste não foi baseado apenas no IPCA.

Bônus e multas concedidos pela empresa – iniciativa tomada em 2014 para os problemas de abastecimento – serão cancelados neste ano.

Mudanças na conta de água

A crise hídrica que abalou São Paulo gerou diversas mudanças na cobrança de água. Duas delas alteraram completamente o sistema de arrecadação da companhia: a tarifa de contingência – multa para quem consome em excesso – e o bônus para quem economiza.

O objetivo dessas mudanças, implantadas em 2015, era de controlar o uso dos recursos hídricos. Afinal, o Sistema Cantareira (que abastece quase 6 milhões de usuários) operou em volume morto por 19 meses consecutivos. Em dezembro, com a volta à normalidade, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, deu por encerrada a crise hídrica.

Ainda assim, o impacto nas finanças foi evidente. Em fevereiro deste ano, foi a primeira vez que a arrecadação com a multa foi superior ao bônus. Nesse período, a Sabesp arrecadou R$ 50,8 milhões com a tarifa de contingência e perdeu R$ 36,3 milhões com os bônus concedidos.

Ao longo de 2015, a companhia arrecadou R$ 499,7 milhões com a tarifa de contingência e perdeu R$ 926,1 milhões com os descontos. Além disso, houve uma redução de 40,6% no lucro líquido no ano passado.

Economize ao pagar conta de água

Se você sofre para pagar conta de água, não precisa ser assim. Confira dicas de economia e reduza os valores gastos com essa importante despesa fixa:

  • Realize a manutenção frequente do encanamento, pois pequenos vazamentos geram grandes desperdícios
  • Se possível, desligue o chuveiro enquanto se ensaboa. Adote a ideia da torneira fechada também ao escovar os dentes e ao lavar a louça
  • Prefira para o vaso sanitário modelos de caixa d’água com dois fluxos diferentes
  • Só utilize sua máquina de lavar depois de acumular uma boa quantidade de roupas
  • Para limpar o pátio, prefira a vassoura. Para regar as plantas, opte por um regador
  • Na hora de lavar o carro, esqueça a mangueira: prefira uma limpeza com pano e balde.

Você vai se interessar por:

Tarifa bancária pode virar bônus

Quer mais vantagens? Transforme as tarifas em benefícios. Os valores mensais que você paga ao banco ou às operadoras de cartão de crédito podem ser convertidos em bônus de ligações. Com o Conta Bônus, em até 10 dias úteis após o débito da tarifa, o valor é revertido integralmente para você.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas para poupar ao pagar conta de água? Compartilhe!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
vale a pena economizar
dividir aluguel com alguém
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote