Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Faculdade de Direito é só um passo no sonho de se tornar advogado

A- A+

No próximo 11 de agosto é comemorado o Dia do Advogado. A data celebra esse profissional que orienta o cidadão sobre seus deveres e direitos, auxiliando na reparação de possíveis prejuízos. Entre aprender leis e pesquisar em códigos, para se tornar advogado, o estudante tem que pensar em vários custos que vão além da faculdade de Direito.

De acordo com o site Guia da Carreira, o investimento para cursar uma faculdade de Direito gira em torno de R$ 150 mil para quem opta por se formar em uma instituição privada. Gastos com moradia, alimentação, códigos e livros também entram nesse cálculo.

Para cursar uma faculdade de Direito, investe-se cerca de R$ 150 mil. Foto: iStock, Getty Images

Exame da OAB após a faculdade de Direito

Mas engana-se quem pensa que, depois de passar cinco anos em uma faculdade de Direito, os gastos terminam. Para pode exercer regularmente a profissão de advogado, após se formar, o estudante precisa ser aprovado no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Realizado três vezes ao ano em todos os estados brasileiros, o exame da OAB acontece em duas etapas diferentes: uma fase objetiva e outra prática profissional, avaliando a capacidade e conhecimento para advogar do inscrito.

Inscrever-se em um curso preparatório para o exame da OAB não é obrigatório, afinal, depois de cinco anos cursando uma faculdade de Direito, o estudante pode se sentir apto para fazer o teste. Mas muitos graduados optam por fazer um cursinho para ter mais disciplina, organização e concentração na hora da prova.

Atualmente, o estudante pode escolher entre três tipos de cursos preparatórios disponíveis: presenciais, telepresenciais e online. Os custos variam de acordo com os tipos de curso, tendo uma duração média de três a quatro meses. Segundo informações do site Exame de Ordem OAB, aulas online giram em torno de R$ 650, enquanto os preparatórios presenciais chegam a custar R$ 900.

Para quem não tem dinheiro para gastar em um desses cursos, é possível encontrar algumas opções online e gratuitas de aulas preparatórias.

Além dos gastos com o curso em si, para realizar o exame da OAB, o candidato precisa desembolsar o valor de R$ 220 para se inscrever no teste objetivo e de prática profissional. Caso queira reaproveitar as notas da primeira fase objetiva, a taxa de inscrição é de R$ 110. O site da OAB traz mais detalhes sobre o exame.

Você vai se interessar por:

Advogado gratuito: veja como conseguir um em qualquer região do País

Saiba como escolher um financiamento de faculdade

Infográfico: veja dicas para conseguir emprego após a faculdade

Apostilas e livros são peça importante

Para se preparar para o exame, o candidato pode estudar também por apostilas que trazem o conteúdo da prova resumido e com questões específicas sobre temas diversos: ética profissional, direito administrativo, constitucional, civil, penal, do trabalho, tributário e empresarial, entre outros aspectos.

Uma rápida pesquisa no Google Shopping mostra que o preço das apostilas pode variar entre R$ 30 e R$ 120. Na internet, também existem opções de apostilas que podem ser baixadas gratuitamente. Mas fique atento à qualidade do conteúdo e alerta contra possíveis fraudes online.

Quem optar por estudar pelos próprios códigos de lei vai gastar um pouco mais. O preço de um Código Penal comentado, por exemplo, gira em torno de R$ 210. Já um Código Civil comentado custa até R$ 300. Ao contrário das apostilas, no entanto, eles são livros de consulta que poderão ser utilizados durante a vida profissional do advogado.

 

Concluindo a faculdade de Direito e se preparando para o exame da OBA? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria