Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Pais de estudante universitário podem ensinar filho sobre finanças

A- A+

Quando você vê o nome de seu filho na lista dos aprovados de uma universidade, a alegria é grande. Agora, ele será um estudante universitário. O problema começa quando eles precisam morar em outra cidade, fazendo seu bolso pesar.

É uma variedade de contas, como moradia, alimentação, transporte, mensalidades escolares, material de estudo. E não é raro que o estudante universitário peça socorro financeiro aos pais. Veja algumas dicas que você pode dar ao seu filho para evitar imprevistos financeiros.

Estudante universitário deve entender sobre finanças.

Jovem deve praticar atitudes saudáveis ao bolso para seguir com estudos. Foto: iStock, Getty Images

7 dicas para o estudante universitário

Tem um filho na faculdade? Veja sete dicas para você repassar a ele para a melhor gestão do dinheiro.

1. Conta “free”

Os estudantes, em geral, são agraciados com alguns benefícios. Um exemplo é isenção de tarifas em conta corrente, concedidas por alguns bancos. Você pode incentivar que seu filho faça isso, mas ainda assim é preciso cuidar para que ele não gaste antes da hora.

2. Uso consciente do cartão

Ele é, sim, um excelente meio de pagamento. Entretanto, não é indicado para quem não consegue controlar os impulsos consumistas ou acaba incorporando o crédito à sua renda mensal. É aí que nasce o endividamento. Uma alternativa é começar com um cartão vinculado à sua conta, com limite baixo.

3. Faça um estoque de material

Sempre que se compra algo com urgência, como um caderno ou uma caneta, é preciso se sujeitar ao preço de mercado, que talvez esteja alto. Uma forma que o estudante universitário tem de economizar é fazer um estoque de material quando encontrar uma boa promoção.

4. Ofereça em aulas particulares

Caso o seu filho ainda não esteja trabalhando, uma maneira de começar a vida profissional é dar aulas particulares. Afinal, se ele é estudante universitário, já encontrou uma vocação e tem habilidade para alguma disciplina específica.

5. Use a biblioteca

Se for comprar todos os livros solicitados pelos professores, não há orçamento que aguente. Algumas visitas mais frequentes à biblioteca da universidade podem garantir uma boa economia ao longo de cada ano.

6. Economize com a tecnologia

Se não tiver tempo para ir à biblioteca, a tecnologia também pode ajudar. Os e-books, livros digitais que podem ser comprados e lidos no tablet ou smartphone, são mais baratos. Pode valer a pena investir no material.

7. Divida o aluguel

Arranjar alguém para dividir os custos de moradia, seja em um apartamento ou em uma república, pode reduzir drasticamente as despesas. Além de diminuir o valor do aluguel, caem também os gastos com água, luz e outras contas fixas.

Você vai se interessar por:

Conheça as vantagens do cartão universitário

Descubra como investir em mais estudos sem gastar muito

Universitários devem redobrar cuidados para não contrair dívidas

Conta pré-paga ajuda na economia

Outra forma de o estudante universitário economizar é realizar transações bancárias sem pagar taxas por isso, com toda comodidade. Com o Vivo Zuum, uma conta pré-paga gerenciada pelo celular, você pode fazer pagamentos, transferências e até mesmo recarga de celular. Tudo isso sem mensalidades. Se preferir, você pode adquirir o cartão Vivo Zuum para fazer compras no débito e saques.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Esse artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria