Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Pagar no boleto não está livre de riscos. Veja como se proteger

A- A+

Para quem realiza compras pela internet, a opção de pagar no boleto, à primeira vista, parece vantajosa. Além do desconto pela quitação da conta em parcela única, a segurança é outro benefício alegado. Ele é real, mas não definitivo: esse tipo de operação também reserva riscos e é preciso se precaver contra eles.

A TNS, agência internacional de pesquisas, aponta que 45% dos brasileiros preferem pagar suas contas à vista. O boleto bancário, documento gerado pelas instituições financeiras, é uma das opções para quem faz parte desse grupo.

Pagar no boleto pode trazer riscos.

Meios eletrônicos facilitam pagamentos, mas é preciso adotar medidas de segurança. Foto: iStock, Getty Images

A opção por pagar no boleto

A opção de pagar no boleto ou carnê é oferecida por muito estabelecimentos comerciais aos seus consumidores, principalmente em compras online, nas quais o pagamento direto com dinheiro não é possível.

Essa é uma modalidade em que a instituição financeira estabelece taxas para a empresa que emite o documento, mas a cobrança não pode ser repassada ao consumidor, conforme Renata Reis, coordenadora de área do Procon de São Paulo.

A proibição pelo Banco Central vale desde 2009 e foi reforçada por leis estaduais, como a de número 14.663/11, do Estado de São Paulo, que estabelece a cobrança como infração. O descumprimento dessas regulamentações, por parte de quem emite o documento, pode acarretar em penalidades previstas nos artigos 56 e 57 do Código de Defesa do Consumidor.

Os boletos só podem ser emitidos através de uma homologação dos fornecedores com relação ao banco. Os documentos que não passam por esse processo são considerados falsos e devem ser reclamados pelo consumidor.

“Em casos de boletos falsos, mesmo tomando cuidado, o consumidor não pode ficar com o prejuízo. Ele deve procurar o fornecedor para revolver a questão. Não havendo acordo, registrar uma reclamação junto ao órgão de defesa do consumidor de sua cidade”, aconselha Renata.

Dicas para quem vai pagar no boleto

O problema é o transtorno causado por um erro no pagamento ou um descuido. Prestar atenção aos detalhes e prevenir qualquer possível falha é mais válido do que ter de remediar uma situação posterior.

Comparar o valor contido no documento e o real débito que você tem com a empresa em questão, além de verificar se você realmente selecionou a opção de pagar no boleto, são dicas da coordenadora do Procon SP.

Ela recomenda cuidar também da aparência do boleto que chega à sua casa. “Fique atento à qualidade do documento. Muitos dos boletos falsos enviados para residências possuem erros básicos de português, formatação fora do padrão, como impressão torta”, indica.

Se o documento chegar através da internet, preste ainda mais atenção. Renata sugere desconfiar de notificações de pagamentos, links ou arquivos anexos que levem a boletos, recebidos por e-mail.

“Não clique ou abra qualquer link até confirmar com a empresa que a correspondência é válida”, sugere Renata, lembrando que, além de pagar um valor que não precisa, você também pode contrair vírus para o computador ou celular.

Se você tiver mesmo selecionado a opção de pagar no boleto, a impressão estiver correta e o valor for condizente com o débito que você tem com a empresa, os cuidados ainda não terminaram.

Verifique se, após a digitação ou leitura dos números do código de barras, os dados do beneficiado que forem exibidos na tela serão os mesmos da pessoa ou empresa que deve receber aquela quantia. Essa é mais uma dica do Procon SP.

Você vai se interessar por:

Como pagar boleto bancário depois do vencimento

Cobrança pela emissão de boleto é ilegal e pode gerar multa

Entenda o que é cedente e sacado no boleto além dos demais campos

Compre com segurança

Quer fazer compras na internet com segurança e pagando barato? Antes de tudo, é importante comparar os preços e as condições de pagamento. O Vivo Compras traz mais de 850 mil produtos para escolher em diferentes lojas virtuais, através do mesmo carrinho.

Em parceria com a Opte+, a Vivo oferece produtos de lojas virtuais como Ponto Frio, Extra, Fast Shop e Casas Bahia. No portal, é possível encontrar eletrodomésticos, eletrônicos, produtos de informática, móveis, além de passagens aéreas, pacotes e hotéis, sempre com descontos diferenciados.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para suas compras

Gostou das dicas para pagar no boleto com segurança? Compartilhe!

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple