Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Orçamento familiar: veja como organizar as finanças

A- A+

orçamento familiar é um assunto que deve se levado a sério por todo mundo que mora debaixo do mesmo teto. É fundamental que todos os componentes do núcleo familiar participem e se envolvam com a preocupação financeira. Pode não parecer fácil no início, mas é importante adequar os hábitos para que o orçamento fique sempre positivo.

Para que isso aconteça, os adultos devem conscientizar as crianças da importância do envolvimento de todos. Só assim vai ser possível controlar todos os gastos. Além da importância para o orçamento familiar em si, envolver as crianças neste tipo de planejamento pode ser decisivo na formação dos pequenos. Quanto mais cedo se pratica a organização financeira corretamente, mais fácil é para se adaptar a ela a longo prazo.

financas

É importante que a família toda participe e se engaje no orçamento familiar. Foto: iStock, Getty Images.

 

“Os pais que têm um bom conhecimento sobre suas próprias finanças, como, por exemplo, saber o valor das contas do próximo mês, são os que mais conversam com os filhos sobre como lidar com o dinheiro. Filhos de pais com pouco conhecimento de suas próprias finanças tendem a conversar menos com os filhos sobre dinheiro, o que dificulta a vida financeira futura dessas crianças”, afirma o educador financeiro do SPC Brasil José Vignoli.

Orçamento familiar: aposte em uma conta pré-paga

Uma boa alternativa para quem quer adequar seu orçamento familiar para começar a economizar, mas não sabe exatamente por onde começar, é a conta pré-paga. Com ela, você pode fazer as mesmas transações que faria com uma conta tradicional.

Ele é ideal para quem tem mais dificuldade em controlar seus gastos. Com uma conta pré-paga, você recarrega apenas o valor que quer ou necessita gastar, o que muitas vezes pode impedir a compra por impulso. Futuramente, quando você se acostumar com a organização financeira, pode optar por equilibrar seu uso com uma conta-corrente tradicional em banco ou com um cartão de crédito.

4 dicas para auxiliar a elaboração do orçamento familiar

Pensando nisso, apresentamos uma série de dicas que podem ajudar na hora de elaborar o orçamento familiar. As informações são da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste).

Não gaste mais do que você ganha

Essa pode parecer uma dica bastante óbvia, mas é um erro recorrente, e que acaba sendo decisivo na hora que as pessoas colocam o orçamento no papel e percebem as contas no vermelho.

Faça uma planilha de gastos

Organize as informações em um documento. Pode ser no papel ou no computador, desde que você especifique os ganhos e os gastos. Registre os tipos de gastos, quando eles ocorrem, e quais os seus valores. Você também pode criar categorias, o que vai ajudar a planejar os gastos dos mês seguinte, pois você saberá quais gastos são fixos e quais não são. Há diversos modelos de planilhas que podem ajudá-lo nessa tarefa.

Estabeleça prioridades

Ao deixar claro o que é prioridade e o que é supérfluo no orçamento familiar, você vai conseguir ter uma perspectiva mais clara da sua situação financeira.

Acompanhe os gastos com frequência

De nada adianta você fazer planilhas e controlar gastos se você não estiver acompanhando esses gastos, e o quanto o seu orçamento está melhorando com suas adequações. Pelo menos uma vez por semana, acompanhe a planilha, e veja onde você está acertando, e onde você pode buscar economizar ainda mais.

Conta pré-paga para se organizar

Se você quer melhorar sua organização financeira e conversar sobre finanças com a sua família, conheça o Vivo Zuum, um serviço que funciona como uma conta-corrente pré-paga no celular. Não precisa ter conta em banco e nem comprovar renda.

>Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação
Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria