Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Olho no orçamento: compras devem ser planejadas com antecedência

A- A+

Quando o assunto é orçamento doméstico, planejamento é a palavra mágica. Não apenas por permitir a realização de projetos pessoais, mas também porque, quando ausente da rotina, pode fazer com que você perca o controle dos gastos e se aproxime das dívidas. Na hora de fazer compras, ele é ainda mais importante.

Afinal, o desejo de obter um produto e o impulso de comprá-lo podem levar as finanças ao desequilíbrio. A maior dificuldade é fazer com que essa decisão seja tomada de forma racional, considerando as necessidades e o dinheiro disponível.

Consumo consciente faz a diferença

Quando a intenção é economizar, assumir um hábito de consumo consciente faz toda a diferença, principalmente se ele começar desde cedo, ainda no início da carreira. Do contrário, é mais difícil fazer as adaptações necessárias quando você já está acostumado a comprar sem antes pensar no orçamento.

Paulo Henrique Pereira, educador financeiro e palestrante, explica que é importante esclarecer a diferença entre despesas e dívidas. Enquanto as primeiras são gastos regulares para manutenção da qualidade de vida, as segundas são consequência de gastos desordenados, muitas vezes supérfluos. O desafio, nesse caso, é focar nos produtos e serviços que realmente importam. Se você saiu de casa apenas para dar uma volta, não faz sentido voltar para cheio de compras, só porque encontrou uma loja com promoções tentadoras.

Lembre de separar um tempo para planejar o orçamento. Não esqueça de incluir as compras nas contas feitas. Foto: iStock, Getty Images

Consumo consciente faz a diferença ao planejar compras. Foto: iStock, Getty Images

Antes de sair às compras, organize as finanças

O primeiro passo para organizar o orçamento é simples, mas fundamental: descobrir quais são seus gastos mensais e compará-los com as fontes de renda. Anote tudo aquilo que será cobrado de forma regular e inevitável, como contas de energia elétrica, telefone, água e gás, além de gastos com condomínio ou plano de saúde. Também não esqueça dos gastos com alimentação, seja os do mercado ou com lanches comprados no dia a dia.

Mas o planejamento não pode para por aí. É importante entender que você não precisa, e inclusive não deve, gastar todo o dinheiro disponível, zerando a conta até a chegada do novo salário. Para superar possíveis emergências ou realizar seus objetivos futuros, o ideal é economizar, mensalmente, um valor pré-determinado.

Depois de quitar as dívidas e contas mensais e separar um valor para poupança – 10% do salário já é um começo -, você consegue estimar quanto ainda é possível investir em outras compras. Quer garantir os melhores preços? Então pense no valor demandado e economize durante o tempo necessário para poder pagar à vista e contar com descontos. Se for parcelar, pesquise os juros envolvidos e inclua todos os números no seu orçamento.

Cartões de crédito com benefícios

Se você gosta de comprar com praticidade e segurança, é bom conhecer os Cartões de Crédito Vivo. Com os cartões de crédito Vivo Santander e Vivo Itaucard 2.0, você tem diversas vantagens, como alerta SMS, bônus na recarga de celular, pontos no Vivo Valoriza, descontos nos ingressos de cinema e parcelamento em até 12 x sem juros nas Lojas Vivo.
> Cartões de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Gostou das dicas sobre compras?

É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet