Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Objetos decorativos devem se adequar ao ambiente

A- A+

Parece fácil comprar os materiais para deixar a casa do jeito que você imaginou? Mas, na hora de colocar tudo no lugar e fazer as contas, os objetos decorativos podem ficar bem longe do estilo e do preço que você desejava como resultado final. Para não errar, é preciso estar atento e pensar em cada detalhes antes de escolher aquele quadro que é lindo, mas não cabe na parede, ou o vaso que, ao primeiro toque, quebra e leva todo o seu orçamento com ele.

Cores dos objetos decorativos fazem toda a diferença

“Objetos decorativos atribuem personalidade aos ambientes, e falam muito do perfil do morador. Mesmo sendo complementos, em qualquer situação devem ser usados com parcimônia”, indica a arquiteta Fernanda Marques.

Na hora de escolher os elementos que vão compor a sua sala ou quarto, por exemplo, uma das principais dúvidas é sobre a cor, suas variações e como fazer com que elas fiquem em harmonia. O colorido não é pecado, desde que seja utilizado da maneira certa, com atenção às tonalidades e estampas.

Para quem não tem muita segurança, Marques explica que o ideal é seguir a linguagem geral dos móveis e as cores do ambiente. Afinal, de nada adianta criar um espaço com um toque moderno se esse não for o seu estilo. Por outro lado, se ousadia for uma das suas características, a arquiteta aconselha objetos que confrontem a ambientação e transmitam o seu modo de agir. O principal é entender como o contraste pode ser utilizado ao seu favor.

Objetos decorativos para ambiente pequenos

Se você deseja gastar pouco, aposte em um arranjo de flores para dar mais vida ao ambiente. Foto: iStock, Getty Images

Se você deseja gastar pouco, aposte em um arranjo de flores para dar mais vida ao ambiente. Foto: iStock, Getty Images

Nos apartamentos, principalmente naqueles com espaço menor, os objetos decorativos devem ser pensados com a intenção de fazer o lugar parecer maior e destacar o ambiente. Na hora de escolher, aposte nos espelhos, eles serão seus principais aliados. Colocá-los em locais pequenos causa a sensação de aumento, dando maior amplitude.

Do mesmo modo, é preciso entender o tamanho do espaço e a quantidade de quadros e adornos que ele comporta. De nada adianta juntar vários objetos bonitos em um só lugar, se eles acabarem dando a sensação de sufoco. O ideal é escolher pontualmente e investir em um canto específico para chamar a atenção.

Não sabe o que escolher? Marques destaca que a lista de possibilidades é vasta e vai depender do efeito que você deseja dar, mas um deles é infalível: um belo arranjo de flores, que deve variar de acordo com a estação do ano. Além de ser uma alternativa versátil, que atribui beleza, é econômica e evita que você gaste mais do que pode para decorar.  Lembre também de privilegiar a iluminação, tanto a natural como a artificial. Se o lugar em que você mora conta com grandes janelas, utilize esse fator para deixar o ambiente mais arejado.

Assistência em emergências

Além de se preocupar com a decoração e fazer do seu lar um lugar com a sua cara, é preciso estar sempre preparado para os imprevistos. Com o Vivo Assistência Casa e Auto, você conta com serviços de eletricista e encanador para sua casa, socorro mecânico para seu automóvel e chaveiro para os dois, sempre que precisar, por apenas R$ 5,90 por mês.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta socorro mecânico em emergências

Gostou das dicas sobre objetos decorativos? Compartilhe!

almofadas para sofá
como calcular a reforma de um apartamento
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos
preço de imoveis começa a cair
economizar no seguro da casa