Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

O que você precisa para vender comida congelada

A- A+

Se você tem total sintonia com as panelas e está procurando uma ideia de negócio, vender comida congelada pode ser a solução. Além de ser um atividade rentável, pode ajudar muitas pessoas que não têm tempo de preparar suas refeições, mas que buscam uma alternativa aos restaurantes.

Vai vender comida congelada

Vender alimentos congelados requer estudar e investir em equipamentos básicos. Foto: iStock, Getty Images

Como vender comida congelada: 6 dicas

Gosta da ideia de vender comida congelada para ter uma nova atividade profissional ou gerar renda extra? Confira as principais dicas para ter sucesso nos negócios.

1. Faça um curso de culinária

Por maior que seja o seu talento na cozinha, é essencial fazer um curso de culinária antes de transformar essa arte em um negócio. Tirando o fato que você passará a produzir quantidades grandes de comida, também é necessário aprender a congelar. Existem temperaturas e porções ideais para fazer o congelamento sem riscos de estragar e é fundamental que você domine essa parte.

2. Encontre um espaço adequado

O trabalho com alimentação é fiscalizado pela Vigilância Sanitária do seu município e algumas das condições estabelecidas são: que a cozinha seja preparada e limpa, de uso exclusivo do negócio – sem misturar com o uso doméstico – e que possua revestimentos até o teto.

3. Informe-se sobre as regras de higiene

Também por uma questão de higiene, o uso de uniforme branco e touca – para evitar a queda de cabelos – é obrigatório. As pessoas que irão manusear os alimentos não devem utilizar maquiagens, uniformes com botões expostos (o fechamento deve ser com zíper ou os botões devem ser protegidos) ou perfumes fortes.

4. Providencie os equipamentos

Também é importante investir em equipamentos como freezer, fogão industrial, mesas para trabalhar, masseira e embaladora. Naturalmente, muitas pessoas começam a cozinhar com os utensílios caseiros, mas tenha em mente que, em um curto espaço de tempo, você precisará reinvestir seu lucro em ferramentas que ajudarão a fazer a comida com mais agilidade.

5. Planeje a entrega

Você não precisa, necessariamente, abrir um ponto comercial para vender comida congelada e atender os clientes no local. Uma opção mais em conta é somente produzir a comida e entregar por delivery ou mesmo vender no local, mas sem a necessidade de ficar com as portas abertas e ter um funcionário só para isso. De qualquer forma, é preciso planejar o formato de trabalho.

6. Estude a compra do material

A compra de todo o material necessário para o preparo da comida deve ser realizada por atacado. Afinal, você vai precisar de grandes quantidades, e isso requer um desconto. Outro ponto importante é planejar as datas de compras. O trabalho na cozinha toma muito tempo, então, essa programação é fundamental para não atrasar as encomendas.

Você vai se interessar por:

Economizar é parte do sonho

Se você tem o sonho empreendedor, deve estar atento às oportunidades de economia. Que tal realizar transações bancárias sem pagar taxas por isso? Com o Vivo Zuum, uma conta pré-paga gerenciada pelo celular, você pode fazer pagamentos, transferências e até mesmo recarga de celular – tudo isso sem mensalidade. Se preferir, pode adquirir o cartão Vivo Zuum para fazer compras no débito e saques.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou das dicas para vender comida congelada? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria