Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

O que você precisa para estudar e trabalhar na Irlanda

A- A+

Para quem quer uma experiência internacional completa, estudar e trabalhar na Irlanda está entre as melhores opções. Não por acaso, esse é o sonho de muitas pessoas que viajam para o destino em busca de aperfeiçoar seu inglês.

Muitos ficam motivados pela possibilidade de praticar mais o idioma e também de poder viver como um irlandês, fazendo uma imersão na cultura local. Se esse for o seu caso, é importante conhecer as regras e saber como se planejar.

Jovens indo estudar e trabalhar na Irlanda.

Conciliar trabalho e estudo na Irlanda é possível, desde que preencha os requisitos. Fotos: iStock, Getty Images

Estudar e trabalhar na Irlanda: por onde começar

Conforme Beto Conte, diretor da STB Trip & Travel, não há pré-requisito para quem deseja somente estudar na Irlanda. Caso queira trabalhar, porém, há duas obrigatoriedades: contratar o mínimo de 25 semanas de curso e possuir 3 mil euros (mais de R$ 12 mil) em conta para dar entrada no visto assim que chegar ao país, pois é uma exigência da imigração.

Assim como há tempo mínimo de permanência, há um limite para ficar no país, que é de oito meses (já incluído o período de curso). O valor médio de intercâmbio para a Irlanda é de 3,4 mil euros. “Existem cursos mais econômicos e também mais completos”, destaca Conte.

O especialista sustenta que não há um perfil específico dos estudantes que optam por esse destino. Segundo ele, qualquer pessoa pode fazer o programa, desde que atenda aos requisitos. “Ainda assim, isso não é garantia ao chegar na Irlanda. O departamento de imigração é que controla toda a entrada”, explica.

Carteirinha estudantil tem vantagens

Na Irlanda, o intercambista conta com o apoio do Student Leap Card, que funciona de maneira parecida com a carteirinha de estudante no Brasil. Ao chegar em terras irlandesas, a recomendação é que o aluno providencie esse documento. Para tanto, é preciso comprovar a matrícula e pagar uma taxa de 15 euros (cerca de R$ 60).

Entre outros benefícios, o Leap Card garante descontos nos principais meios de transporte do país, como o LUAS (espécie de bonde elétrico), o DART (linha férrea costeira), trens e ônibus da capital, Dublin. Estima-se que seja possível economizar até 30% apenas com essa despesa.

Mas os benefícios da carteirinha vão além, pois ela é aceita em redes de alimentação, lojas de roupas, salões de beleza, estéticas, cinemas, teatros e outros estabelecimentos diversos.

É interessante também adquirir o Dublin Pass. Trata-se de um tíquete, que pode ser válido de um a seis dias, que dá direito à entrada em diversas atrações. Por se tratar de um pacote, ele oferece descontos. Para a validade de três dias, o desconto é de 35,50 euros.

Você vai se interessar por:

O que fazer em Dublin

Ainda que você vá estudar e trabalhar na Irlanda, é fato que você não ficará as 24 horas do dia nessas tarefas. Geralmente, os intercâmbios contam com aulas em apenas um turno (manhã ou tarde) sendo que o turno oposto é livre para passeios e, se for o caso, trabalho. Conheça outras atrações da capital irlandesa:

Dublin Zoo

Um dos zoológicos mais antigos e populares do mundo, o Dublin Zoo abriga em torno de 400 animais. Ele está localizado em uma área de 28 hectares no Phoenix Park e conta com elefantes asiáticos, girafas, gorilas, tigres, entre outros.

Guiness Storehouse

Sim, uma das cervejas mais famosas do mundo, a Guiness, tem sua sede aberta à visitação. Em um prédio de sete andares é possível conhecer toda a história da marca, que já conta com 250 anos de tradição. É uma espécie de museu, totalmente interativo.

Estudar e trabalhar na Irlanda é também oportunidade de fazer turismo

Jardim Botânico Nacional

O local tem nada menos que 19,5 hectares de flora, com mais de 15 mil espécies de plantas, além de animais, fontes, estufas e muito ar puro.

Estudar e trabalhar na Irlanda é também oportunidade de fazer turismo

Glasnevin Cemitério e Museu

Pode soar um tanto estranho conhecer um cemitério com mais de um milhão de pessoas enterradas. Entretanto, esse é um dos pontos turísticos mais visitados de Dublin. Mas tem um bom motivo: o local conta com uma exposição permanente que explica muito sobre a história da cidade.

 

Você tem uma boa dica para estudar e trabalhar na Irlanda? Deixe seu comentário.

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria