Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

O que verificar na escolha do aquecedor a óleo

A- A+

Com a chegada do inverno, cresce a necessidade de manter a sua casa confortável e quentinha. Uma boa alternativa para situações assim é o aquecedor a óleo. Saiba o que verificar na hora de escolher e comprar o seu.

Qual modelo comprar?

Antes de adquirir o seu modelo de aquecedor é importante saber que independentemente do aparelho escolhido ele irá consumir muita energia. Em uma pesquisa realiza pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), em 2010, foram analisados 21 tipos de aquecedores de nove marcas diferentes, e constatou que embora seus preços fossem acessíveis, todos elevavam bastante o valor da conta da luz.

aquecedor-a-oleo

O aquecedor a óleo tem a vantagem de ser mais silencioso que os demais. Foto: iStock, by Getty Images

Os aquecedores funcionam a partir do mesmo princípio: esquentam o ar ao seu redor e fazem-no dissipar, transmitindo calor para outras partes do cômodo na sequência, e assim sucessivamente. A diferença está na forma como esse aquecimento acontece e como é a troca de temperatura com o ar

Na hora de comprar seu aquecedor é preciso levar em conta alguns fatores como dimensões do lugar onde for colocado, quantas pessoas residem na casa, tempo de aquecimento, por exemplo.

Você vai se interessar por:
Como comprar casacos de inverno baratos
Veja 6 dicas para economizar com roupa de inverno
Pousadas são alternativa acolhedora em cidades de clima frio

Aquecedor a óleo x outros aquecedores

O aquecedor a óleo é mais silencioso que os demais, porém demoram mais para começar a esquentar o ambiente, já que é preciso esquentar o óleo primeiro. Atualmente, existem modelos com termostato, timer, mecanismos que medem a temperatura do ambiente e a mantém estável. Os aparelhos de chão são indicados para espaços pequenos e médios, como banheiros e quartos.

Eles são relativamente baratos e não requerem instalação específica. Além disso sua  economia de energia, em relação aos elétricos, chega a ser de 15%. Estes, por sua vez, são os mais baratos do mercado, e variam de preço de acordo com o tamanho e a potência. Sua resistência fica aparente e o calor entra em contato direto com o ar, por isso o aquecimento do ambiente é rápido.

Por outro lado, tendem a concentrar o calor nas proximidades, sendo menos eficientes para espaços mais amplos. Os modelos de cerâmica absorve o calor gerado em vez de se dissipar diretamente no ar. São mais são mais barulhentos que os modelos a óleo, com ruído que se assemelha ao do ar-condicionado, porém mais econômicos que os aparelhos elétricos. Podem ser fixados no teto ou na parede, ideais para banheiros e cozinhas.

Dicas de uso do Idec

Uma maneira eficiente de economizar energia é comprar aparelhos elétricos identificados com o selo Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica). Os produtos que apresentam as notas A ou B possuem uma maior eficiência energética, ou seja, consomem menos energia do que as que indicam notas D ou E, por exemplo.

Além disso, outra dica para diminuir os custo da conta de luz é usar o aquecedor somente com as portas e janelas fechadas, e quando existirem pessoas presentes no ambiente. Desligar o aparelho da tomada durante o período não utilizado também ajuda a economizar.

Conheça o Vivo Compras

Antes de comprar o seu aquecedor a óleo, é importante comparar os preços e as condições de pagamento. O Vivo Compras traz mais de  850 mil produtos para escolher em diferentes lojas virtuais, através do mesmo carrinho.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para aquecedor a óleo

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico