Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Novo celular da Huawei, Mate 8 promete maior eficiência de energia

A- A+

A pequena duração da bateria costuma ser a principal reclamação de usuários de smartphones. No caso do Mate 8, o novo aparelho da Huawei, esse não deve ser um problema. O aparelho promete uma autonomia de até dois dias e meio de uso sem carregamento. Ele é o top de linha da marca, que se apresenta como a terceira maior do mercado de celulares mundial.

Mate 8: uma super bateria

A bateria do Mate 8 é a principal aposta da Huawei no aparelho e também sua característica mais divulgada. E não é sem motivo. Um estudo da consultoria J.D. Power mostrou que a duração da energia é o principal motivo de insatisfação por parte dos usuários de smartphones no mundo. Com o lançamento, a empresa procura mudar o panorama.

São mais de dois dias de uso contínuo. Isso significa que um usuário poderia utilizá-lo por 17 horas no HD, 20 horas em conexão conexão 4G, 38 horas em conexão 3G ou 98 horas seguidas de reprodução de músicas. Para ter toda essa autonomia, ele guarda uma carga de 4 mil mAh e roda um sistema Android 6.0, que gerencia a energia com eficiência.

Mate 8 surpreende pela qualidade de imagens.

Huawei Mate 8 tem bateria que dura 24 horas com apenas 30 minutos de carga. Foto: Divulgação

Além disso, o carregamento da bateria também é mais rápido e eficaz. Em apenas 30 minutos ligado a uma tomada, ele já consegue absorver uma quantidade de energia suficiente para funcionar por 24 horas. E nem foi preciso reduzir o investimento em outras partes do telefone para garantir essa durabilidade.

O Mate 8 conta com um display de 6 polegadas, chegando a ser maior do que o iPhone 6S Plus, aparelho concorrente do modelo da Huawei. O visor tem tecnologia FHD e alto contraste com 95% de saturação. Segundo a marca, durante o lançamento, isso pode garantir que a fidelidade de cores seja muito maior nesse modelo.

Ele tem um processador de oito núcleos, sendo que quatro deles rodam com 2.3GHz e os demais com 1.8GHz. Um co-processador i5 ainda completa o trabalho. No controle de eficiência de energia, há uma melhora de 70% com relação à geração anterior, o que impede que o aparelho superaqueça.

Outro aperfeiçoamento é o do reconhecimento de impressões digitais. Segundo a Huawei, o sensor do Mate 8 é 100% melhor do que o do Ascend Mate 7. No novo modelo, é possível até mesmo tirar selfies através do reconhecimento de impressão digital. O sensor na região traseira ativa a câmera frontal de 13MP. A traseira tem 16MP.

A venda do Mate 8

O Huawei Mate 8 já está anunciado no site global da empresa, ao preço de 599 euros (ou cerca de R$ 2,6 mil) em sua versão com 3GB de RAM e 32GB de memória. Já na versão com 4GB de RAM e 64 GB de memória o valor sobe para 699 euros (em torno de R$ 3 mil).

Inicialmente, o Mate 8 será disponibilizado em 30 países, incluindo Austrália, México, Emirados Árabes e uma parte da Europa. O Brasil não foi incluso na lista e ainda não há precisão sobre quando o aparelho da Huawei chegará ao país.

Você vai se interessar por:

Proteção para o seu celular

Se o celular é indispensável para você, que tal cuidar melhor dele? Você pode evitar o prejuízo financeiro em caso de roubo, quebra e outros acidentes com o seu aparelho. O Vivo Multiproteção Celular oferece proteção para aparelhos novos, em caso de roubo ou furto qualificado e cobertura adicional contra danos materiais ao celular. Você também concorre a sorteios mensais de R$ 10 mil.

> Vivo Multiproteção Celular: Proteja seu aparelho contra roubo, furto, quebra e imersão em água

O que achou do lançamento da Huawei? Deixe seu comentário.

queda do dólar
vale a pena comprar celular top de linha
viajar para a China
viajar para a Tailândia
juros cobrados no cartão de crédito
smartphone com maior tela