Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Nas alturas: veja os cuidados necessários com a mala de mão

A- A+

Seja mínima ou um pouco mais recheada, ninguém resiste a levar uma mala de mão na viagem. Mesmo despachando a bagagem, sempre há um objeto que podemos precisar durante o voo, seja ele curto ou longo. Mas sempre é necessário ter alguns cuidados.

Mala de mão x excesso de bagagem

É comum passarmos no guichê da companhia aérea e sairmos “ilesos” da pesagem. Mas a mala de mão pode, sim, ser pesada e também tem seus limites. O peso máximo, em voos domésticos, é de 5 quilos. O excesso está sujeito à cobrança, que é estipulada conforme a empresa.

Tamanho é documento, sim. Ao menos no caso da mala de mão. Nos voos domésticos, o volume – que é a soma da altura, largura e comprimento – não pode ultrapassar 115 centímetros. Em voos internacionais, é preciso consultar o sistema de franquia de bagagem adotado pelo país de destino.

seudinheiro-Mala-de-mao

O peso máximo, em voos domésticos, é de 5 quilos. Foto: iStock, by Getty Images

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aconselha que objetos de valor, como joias, dinheiro e eletroeletrônicos devem ser levados na mala de mão. É possível, inclusive, fazer uma declaração de valores dos bens que são transportados, mas o passageiro fica sujeito á cobrança de tarifa.

Você vai se interessar por:
Descubra como agir em caso de bagagem danificada durante o voo
Confira 4 dicas para aproveitar bem as férias
É turista de primeira viagem? Confira dicas para fugir de problemas

O que pode (ou não) entrar na sua mala de mão

Para voos internacionais, o que é proibido ou permitido vai de acordo com as regras do país de destino. Já os voos domésticos obedecem às regras da Anac. Confira algumas delas para viajar mais preparado.

Pode

Bastão de selfie: A mais nova febre brasileira – o bastão para fazer uma boa selfie – é permitido pela Anac na mala de mão, desde que a peça esteja de acordo com as regras de voos nacionais, respeitando limite de peso e volume.

Líquidos: Em viagens internacionais – ou voos domésticos com embarque pelo lado internacional – o transporte de líquidos ou géis deve ser realizado em frascos transparentes e lacrados, com volume máximo de 100 ml. O conteúdo total não pode ultrapassar 1 litro e tudo deve estar embalado em necessaire transparente, de 20 cm x 20 cm no máximo. Conteúdo comprado em free shop é permitido, desde que identificado e lacrado.

Kit de conforto: Exceto crianças de até dois anos, que pagam 10% da tarifa, cada passageiro pode levar consigo, além da bagagem de mão, um sobretudo, uma manta (ou cobertor), uma guarda-chuva ou bengala, um dispositivo móvel (notebook, celular ou tablet) e conteúdo para leitura em quantidade razoável.

Não pode

Objetos cortantes ou perfurantes: Tesouras de unha ou canivete, por exemplo, não podem ser transportados na cabine de passageiros. Se tiver itens desse tipo, é melhor despachá-los com o restante da bagagem.

Líquidos (parte 2): Para toda regra, há uma exceção. O site do aeroporto internacional de Guarulhos informa que, para voos destinados à Inglaterra e aos Estados Unidos, não é permitido nenhum tipo de líquido ou gel, nem mesmo cosméticos ou produtos de higiene. Bebidas alcoólicas, isqueiros e assemelhados também são terminantemente proibidos em função das ameaças de terrorismo nesses destinos.

Gostou das dicas para mala de mão? Compartilhe!

como economizar na limpeza
organizar a mala
esconder gastos
free shop
quanto gastar na europa por dia
Viajar sozinho pelo Brasil