Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Não sabe como parar de fazer dívidas? Confira dicas básicas

A- A+

Hoje em dia, com o alto índice de desemprego estimulando a inadimplência, o aumento da inflação e os juros crescentes, é ainda mais importante saber como parar de fazer dívidas e alcançar um fôlego no bolso. Esperar a crise passar para sair do endividamento não é o melhor caminho. Mas é preciso ter disciplina e controle para voltar ao azul.

Não sabem como parar de fazer dívidas

Parar de fazer dívidas exige aumentar o controle e demonstrar disciplina. Foto: iStock, Getty Images

Como parar de fazer dívidas: 3 dicas básicas

Você não sabe como parar de fazer dívidas? Com um bom planejamento, é possível fugir desse círculo vicioso, gerando débitos novos sem quitar os anteriores. Confira três dicas básicas para alcançar uma saúde financeira equilibrada.

Planejamento

O primeiro passo para assumir o controle das finanças é conhecer o seu orçamento em longo prazo, sabendo quanto deve ser destinado para cada despesa. Para isso, deve colocar no papel todos os gastos fixos, como contas de luz, água, telefone, aluguel e mensalidades, além dos ganhos também.

Depois de prever as despesas fixas, é possível verificar quanto sobra para assumir outros gastos, não ultrapassando o limite da sua capacidade financeira. Ou seja, pare de gastar mais do que ganha.

Reserva de emergência

Outra dica para parar de fazer dívidas é se preparar para imprevistos, evitando aqueles gastos não planejados, que podem ser o suficiente para desequilibrar o orçamento. Para isso, o ideal é reservar uma quantia todo o mês para emergências.

Muitas vezes, são nesses momentos que as pessoas acabam fazendo dívidas para cobrir as despesas não esperadas, tendo que utilizar cheque especial, empréstimos ou outros recursos com juros altos.

Pagamento à vista

Outro problema comum de quem faz muitas dívidas é o parcelamento das compras, até mesmo daquelas menores e corriqueiras. Quando isso se torna um hábito, é muito mais fácil perder o controle e acabar comprometendo o orçamento.

Além disso, pagar à vista permite controle muito maior sobre a decisão de compra, pois se o valor do item desejado é mais alto do que a verba disponível no momento, se freia o impulso de aquisições desnecessárias.

Mudar hábitos pode ser necessário

Algumas mudanças nos hábitos também devem fazer parte da rotina de quem deseja parar de fazer dívidas. Endividados costumam cometer erros comuns, na tentativa de sair do sufoco, mas por vezes acabam piorando a situação.

Se está com dívidas, não utilizar o cheque especial e não recorrer ao empréstimo pessoal para quitar qualquer despesa que saia do orçamento é fundamental. Com juros altos, contratar esses serviços não é o melhor caminho. O ideal é cortar as despesas desnecessárias e apertar o cinto.

Evite também ter dois ou mais cartões de crédito se você não tem disciplina para usar essa ferramenta. Apesar das vantagens de ter prazos diferentes, ser aceito em mais lugares e aumentar o crédito, isso pode ser uma armadilha para quem não tem o controle absoluto das finanças.

Você vai se interessar por:

Seu nome protegido

Se você convive com dívidas, precisa conhecer o Vivo Alerta CPF. Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Aprendeu como parar de fazer dívidas? Compartilhe as dicas!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças