Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Movimentar conta pelo aplicativo de banco é seguro? Confira

A- A+

Uma das grandes vantagens dos smartphones e tablets são os chamados aplicativos. Existem aplicativos de redes sociais, serviços gerais, de diversão, jogos e um infinidade de funções. Entre eles, um dos mais úteis é o aplicativo de banco.

O aplicativo de banco funciona usando a mesma lógica do internet banking, com a diferença de que você tem seu banco na palma da mão. Com uma conexão de internet rápida e segura, o cliente pode fazer transferências, pagar contas e checar saldos, tudo no próprio dispositivo, sem enfrentar filas e desconforto.

Além da comodidade de fazer várias operações sem sair de casa, deitado na cama ou no sofá, o aplicativo de banco tem mais um atrativo: ao contrário das transações feitas no caixa físico e no caixa eletrônico, as realizadas por meio dos apps são gratuitas e não há incidência de tarifas em caso de acesso a extratos e saldos (DOCs e TEDs continuam sendo cobrados).

aplicativo-de-banco

Transações pelo app são, na maioria, gratuitas. Foto: iStock, by Getty Images

Medidas de segurança para uso do aplicativo de banco

Mas, apesar da facilidade, é preciso ter cuidado com o uso de qualquer aplicativo de banco. Como qualquer outra transação online, o uso do aplicativo requer cuidados por parte do usuário.

A primeira precaução é verificar qual é o sistema de segurança utilizado pelo app. Da mesma forma que o internet banking possui um, os aplicativos também precisam de um para serem ambientes seguros. É o sistema de segurança que vai garantir a confidencialidade das suas informações, senhas, números de cartão e conta corrente e CPF.

Outro cuidado precioso e essencial é nunca usar o aplicativo de banco em redes públicas de Wi-Fi, como as de hotéis, cafés, restaurantes e livrarias, por exemplo. A utilização de redes gratuitas facilita a invasão dos apps por hackers e outras pessoas má intencionadas.

Aplicativo de banco: evite riscos

Não é indicado ainda o uso dos apps em smartphones ou tablets de terceiros, mesmo que de amigos, familiares ou pessoas confiáveis. Os dispositivos podem armazenar seus dados, facilitando fraudes e golpes.

Trocar regularmente a senha de entrada do aplicativo (que pode ser diferente da senha do cartão do banco) é outra medida para impedir fraudes e golpes.

Recentemente, o especialista em segurança Renato Ribeiro testou dez aplicativos de bancos e afirmou que alguns apresentaram brechas que podem deixar informações de usuários expostas no caso de dispositivos que usam sistema operacional iOS, que roda em iPhones e iPads.

As instituições financeiras negaram que existam brechas, mas o anúncio do especialista serve como reforço na tomada de precauções no uso dos aplicativos.

Conta Bônus Vivo

A Vivo oferece uma vantagem aos seus clientes. No caso de pagamento de anuidade do cartão de crédito ou das tarifas de contas correntes, como acesso a extratos e saldos, o cliente tem esse valor revestido em bônus de créditos para os celulares Vivo Pré, Pós ou Controle.

Os bônus são disponibilizados em até 10 dias úteis apos o débito da tarifa e é válido por 30 dias a partir da data de concessão.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas de aplicativo de banco? Deixe seu comentário.

Pokémon Go
quando vale a pena comprar título de capitalização
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho