Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Moto G 4ª geração: conheça os novos aparelhos

A- A+

Ele já foi o smartphone mais vendido do Brasil em 2014, em sua segunda versão. Agora, o Moto G 4ª geração chega ao mercado e possui três diferentes opções de telefones para os fãs da Motorola. Desde as opções mais simples e básicas até um celular sofisticado, com sensor para impressões digitais, a linha promete renovar a imagem do aparelho.

Moto G 4ª geração

Novos aparelhos da linha Moto G tem opções de cores variadas e desempenho superior. Fotos: Divulgação

O que promete o Moto G 4ª geração

Moto G 4ª geraçãoA família Moto G cresceu. A Lenovo, marca que comprou a Motorola, lançou a linha Moto G 4ª geração, renovando os exemplares do aparelho de maior sucesso que a fabricante já teve. Chamadas de G4, G4 Plus e G4 Play, as três versões devem custar entre R$ 1 mil e R$ 1,5 mil no mercado brasileiro, mesma média da estreia da 3ª geração no mercado.

Por enquanto, a empresa só entrega aos brasileiros as duas primeiras opções do Moto G 4ª geração, o G4 e o G4 Plus. Ambos contando com tela Full HD de 5,5 polegadas e processador Octa-core Qualcomm Snapdragon 617. Na memória RAM, 2GB e na interna 16GB no G4 e 32GB no Plus, ambos expansíveis para 128GB.

Moto G 4ª geraçãoOs dois são dual chip, ou seja, comportam Nano SIM de duas linhas telefônicas diferentes, ao mesmo tempo. Esse sistema é diferente da maioria. Enquanto as fabricantes costumam dividir o padrão de funcionamento entre 2G e 4G quando os chips são usados simultaneamente, a Motorola oferece 3G e 4G para o uso concomitante.

Da mesma forma, os dois principais aparelhos da linha Moto G 4ª geração contam com bateria de 3 mil mAh, que pode durar cerca de 24 horas em uso, e com suporte de carga rápida na tomada. Na versão Plus, ainda é possível usar o telefone por 6 horas com um carregamento de apenas 15 minutos, através do sistema TurboPower.

Moto G 4ª geraçãoAs câmeras, que são de 13MP no G4 e 16MP no G4 Plus, contam com controles manuais no software, algo que não existe em nenhum antecessor da linha. O Plus vence o G4, porém, na sofisticação. Ele é o primeiro dos Moto a contar com sensor de impressões digitais para o desbloqueio da tela, o que aumenta a segurança.

Ainda assim, não tem botões físicos para interagir com o sistema. Seguem sendo os três comandos digitais, já velhos conhecidos dos usuários da Motorola e que também é aplicado no G4 Play, o modelo mais básico da linha Moto G 4ª geração. Ele segue uma linha pensada para quem experimenta o seu primeiro smartphone ou não tem familiaridade com os aparelhos.

A tela do Play é menor, com apenas 5 polegadas, mas ele mantém a RAM de 2GB, que é marca dos Moto G 4ª geração. O processador é Quad-core, como o que roda na terceira geração da linha e as câmeras são de 8MP, na traseira, e 5MP, na frontal.

A categoria no mercado

No mercado, os telefones da nova linha Moto G devem competir com aparelhos como o Samsung Galaxy J7, o Zenfone 2, da Asus, e o Xperia C5, da Sony, que oferecem tecnologia de qualidade por preço médio.

Na mesma faixa de preço, o próprio Moto X Play, lançado em 2015, pode ser considerado um concorrente dos novos smartphones da Motorola.

A linha Moto tem, além do G, mais duas opções: E e X. A Lenovo afirmou que a família Moto X, que é considerada a de mais alto padrão da marca, continuará existindo e passa por atualizações.

Você vai se interessar por:

Proteção para o seu celular

Se o celular é indispensável para você, que tal cuidar melhor dele? Você pode evitar o prejuízo financeiro em caso de roubo, quebra e outros acidentes com o seu aparelho. O Vivo Multiproteção Celular oferece proteção para aparelhos novos, em caso de roubo ou furto qualificado e cobertura adicional contra danos materiais ao celular. Você também concorre a sorteios mensais de R$ 10 mil.

> Vivo Multiproteção Celular: Proteja seu aparelho contra roubo, furto, quebra e imersão em água

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

queda do dólar
vale a pena comprar celular top de linha
viajar para a China
viajar para a Tailândia
juros cobrados no cartão de crédito
smartphone com maior tela