Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Montar uma loja online no Facebook ou usá-lo para divulgação?

A- A+

Ficou no passado a necessidade de investir em uma série de recursos para abrir um comércio, desde um projeto arquitetônico até vasto estoque. Se quer usar a principal rede social para vendas, pode descobrir aí o segredo do sucesso. E o melhor: você nem precisa montar uma loja online no Facebook – pode usá-lo para divulgação do seu negócio e, assim, atrair mais clientes.

É fácil montar uma loja online no Facebook

Com criatividade, universo do e-commerce oferece boas oportunidades de ganhos. Foto: iStock, Getty Images

Internet abre portas ao empreendedor

A primeira boa notícia é essa: os custos do empreendedor virtual são reduzidos (adeus, folha de pagamento!) e o faturamento, por outro lado, pode ser multiplicado conforme a aceitação do seu produto – e do seu empenho, claro.

“Há alguns anos, o empresário pagava o equivalente a dois carros populares para montar uma loja virtual. Hoje, há pacotes mensais de até R$ 100 ou R$ 200 para manter a estrutura do site, já incluindo os meios de pagamento”, explica Maicon Dias, sócio-diretor da GamPi, agência de publicidade que atua com e-commerce.

Ele destaca que o caminho para criar seu ambiente de vendas na web é semelhante ao de uma empresa física. Entretanto, após colocar o negócio em funcionamento, o Facebook pode ser uma excelente ferramenta para a divulgação e para dar retorno de vendas.

5 passos para montar uma loja online no Facebook

Se você anda pensando em montar uma loja online no Facebook, as dicas a seguir são especiais para você. É só definir a sua estratégia e colocá-la em prática. Confira:

1. Organize a papelada

Mesmo se tratando de uma loja virtual, organizar a parte jurídica é essencial. “Sem CNPJ, é impossível contratar os serviços online”, destaca Dias. Por isso, a solução é registrar sua empresa na Junta Comercial. O auxílio de um contador pode ser fundamental.

2. Escolha um nome fácil

Antes de mais nada, o nome da empresa deve estar ligado ao tipo de produto ou serviço que você vai oferecer. E a pronúncia deve ser fácil. “Batizar a empresa com o sobrenome do proprietário, quando esse é difícil de pronunciar, pode prejudicar os negócios”, justifica.

3. Registre o domínio

Assim que sua empresa estiver devidamente formalizada, é importante registrar o domínio – o famoso “.com.br”. Por esse motivo, a escolher um nome pouco comum é melhor. Dessa forma, fica mais difícil alguém ter a mesma ideia de marca que você.

4. Contrate ferramentas

A utilização de lojas online dentro do Facebook, conforme explica Dias, não foi uma experiência bem-sucedida. Até mesmo porque os potenciais compradores não se sentem seguros para fazer negócios dentro desse ambiente. Assim, é mais indicado fazer sua loja virtual separadamente e utilizar as ferramentas da rede social para divulgá-la.

Há inúmeras empresas e ferramentas disponíveis no mercado. Algumas delas disponibilizam um layout básico, que pode ser customizado para a loja – com a inserção de logomarca, link para os produtos e meios de pagamento. Assim, plataformas como PagSeguro, Paypal, Cielo e outras já vêm no “pacote”.

Paga-se uma taxa mensal para usar a loja, semelhante a um aluguel, enquanto as tarifas destinadas às empresas de pagamento são separadas. Paralelamente a isso, o empresário precisa determinar quais serão os meios de entrega – correio ou transportadora, por exemplo.

5. Sistemas de anúncios do Facebook

Caso o seu produto seja voltado a um público que fica bastante tempo online, a rede social pode, sim, trazer muitos clientes. O Facebook possui um sistema de anúncios onde se pode investir desde R$ 1 por dia. “Entre nossos clientes, há os que investem R$ 300 mensais e os que ultrapassam R$ 10 mil por mês nesse tipo de mídia”, revela.

Nesse caso, quando o empresário escolhe o valor, a ferramenta mostra quantos usuários serão atingidos diariamente por seu anúncio e ele faz sua opção. O Facebook utiliza um sistema de rastreamento de perfil, colocando na timeline do usuário os assuntos que estão relacionados aos seus gostos conforme sua procura, seus acessos e suas curtidas.

Você vai se interessar por:

 

Gostou das dicas para montar uma loja online no Facebook? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria