Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Metas de curto, médio e longo prazo para sua organização financeira

A- A+

Definir metas de curto, médio e longo prazo é uma das principais dicas de educadores financeiros para equilibrar o orçamento e realizar sonhos. No entanto, não basta simplesmente fazer uma definição. É preciso saber utilizar cada um desses objetivos traçados como ponto de motivação, aplicando-os no seu dia a dia, para conquistar tudo o que almeja de forma saudável.

metas de curto médio e longo prazo

Conhecer os custos dos seus sonhos é a chave para conquistá-los. Foto: iStock, Getty Images

Como usar metas de curto médio e longo prazo

Para utilizar e aplicar as metas de curto, médio e longo prazo nos seus hábitos de compra e de planejamento de consumo, é preciso entender para que cada uma delas serve. Conhecer as diferenças de finalidades, pode ser o segredo para conseguir formular cada um desses objetivos da maneira mais eficaz possível.

As metas de curto prazo são aquelas que você pretende realizar em menos de 1 ano. A formação de um fundo de reserva financeira para emergências é um exemplo. Com disciplina, é possível acumular um valor razoável em até 6 meses. Da mesma forma, uma viagem curta nas próximas férias pode ser paga com o valor guardado ao longo de um ano.

Já as metas de médio prazo precisam de um período mais longo de economia. Os objetivos que você espera realizar entre 1 e 5 anos entram nessa categoria. A troca do carro, por exemplo, pode ser um desses objetivo. Se você começa a economizar no momento em que compra um veículo, pode trocá-lo por um modelo mais novo em cerca de 3 anos, sem fazer dívidas.

As metas de longo prazo, por sua vez, são aquelas que se estabelecem como objetivos de uma vida e que levam no mínimo 5 anos para serem conquistadas, podendo estender-se para 10 ou 20 anos. Comprar a casa própria, que é sonho de tantos brasileiros, é uma meta de longo prazo. Guardar a quantia necessária para pagar a faculdade dos filhos também é exemplo.

Para definir suas metas pessoais

Acontece que, se você não tem o hábito de economizar e formar fundos de reserva, esse planejamento de metas de curto, médio e longo prazo pode ficar complicado e é importante saber por onde começar. Assim que definir qual é o seu objetivo, comece a fazer um orçamento para definir a média de valor que ele deve custar ao final do processo.

Sabendo o quanto você precisa para chegar onde deseja, pode ficar mais fácil de traçar as estratégias perfeitas. Seja diminuindo os gastos com contas básicas ou eliminando custos que não são fundamentais, você pode chegar lá.

Você vai se interessar por:

Melhores promoções com descontos

Quer fazer as suas compras pagando menos? Para aproveitar as melhores promoções, conheça o Vivo Descontos. Com esse serviço, você terá direito a cupons de desconto e promoções em restaurantes e lojas das melhores marcas do Brasil. Ao se cadastrar, você recebe ofertas exclusivas com link direto para página e ainda dicas básicas de planejamento financeiro para planejar melhor seus gastos e fazer seu dinheiro render mais.

Vivo Descontos: Receba cupons ilimitados por SMS, internet ou aplicativo de smartphones

E aí, gostou das dicas? Comente.

quando vale a pena comprar título de capitalização
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
seudinheiro-Compras-de-supermercado
como conseguir desconto na compra de livros
exemplos de produtos supérfluos