Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Melhor que dinheiro? Saiba quando vale a pena usar milhas

A- A+

Quem participa de um programa de vantagens, seja de companhia aérea ou cartão de crédito, pode acumular pontos, mas não saber bem quando vale a pena usar milhas. Quando há desconhecimento sobre os critérios de pontuação e a valor atribuído às milhas, o benefício não é aproveitado totalmente e o consumidor perde oportunidades, como viajar quase de graça.

Ele sabe quando vale a pena usar milhas

Viagem com uso de milhas pode sair sem custos para o participante do programa. Foto: iStock, Getty Images

Entendendo o valor das milhas

Para saber quando vale a pena usar milhas, primeiramente, é preciso saber quanto elas valem em dinheiro. Para descobrir, mais uma vez, a internet é sua aliada. No ambiente online, existem diversos sites de compra de milhas, nos quais é possível ter uma cotação aproximada de quanto valem.

Mas é importante frisar que esses sites pagam valores abaixo do que os pontos realmente valem, caso sejam trocados por viagens ou produtos dentro das páginas oficiais dos programas de milhagem. De qualquer forma, eles ajudam a ter uma estimativa.

Para ter uma ideia melhor, confira a seguir quanto é pago por lotes de 30 mil milhas das quatro principais companhias aéreas do país atualmente (preços de maio de 2016):

  • 30 mil milhas Multiplus/Latam (antiga TAM): R$ 600
  • 30 mil milhas Smiles/Gol: R$ 300
  • 30 mil milhas Tudo Azul/Azul: R$ 720
  • 30 mil milhas Amigo/Avianca: R$ 600.

Como é possível observar, as milhas do programa Tudo Azul, da Azul, são as mais valiosas, enquanto as da Gol, no seu programa Smiles, têm um menor valor para compra.

O motivo pelo qual as milhas da Gol valem menos é simples: o programa Smiles trabalha com um sistema mais generoso de distribuição de pontos, mas, por outro lado, os preços de resgate são mais altos do que em outros programas.

Um exemplo, para melhor entendimento: pelo Multiplus, um trecho de ida de viagem para Paris sai por 40 mil pontos, enquanto pela Smiles ele exige 75 mil pontos. O valor pelo programa da Gol é quase o dobro do outro, mas convertendo em dinheiro, ainda sai mais barato.

Mas não tome essa informação como definitiva para confirmar ou desistir de sua próxima viagem paga com milhas. O mais importante, nesse caso, é o de usar esses número para comparar com o preço das viagens ou produtos em dinheiro. Assim, é possível saber quando vale a pena usar milhas e quando o mais indicado é pagar do próprio bolso.

Então, quando vale a pena usar milhas?

O que fica como lição é que, sabendo quanto suas milhas valem em dinheiro, é possível identificar mais facilmente quando você está fazendo um bom negócio ao resgatar milhas ou não.

Para não errar, procure o menor valor para a viagem que quer fazer e compare com o número de milhas pedidas. Com isso, faça a comparação dos preços e veja qual a forma mais vantajosa.

Por exemplo, se uma viagem de ida e volta custa R$ 600 em dinheiro, mas em milhas ela exige 32 mil pontos, a melhor opção é deixar os pontos para outra oportunidade e pagar do próprio bolso.

Para quem tem saldos de milhas mais polpudos e integram programas de fidelidade em categorias mais altas, a melhor pedida costuma ser aproveitar o resgate de milhas, apresentando o seu número de fidelidade antes de fazer a cotação dos preços. Para esses clientes, as companhias aéreas reservam tarifas mais baixas no resgate de pontos.

Você vai se interessar por:

Mais descontos para você

Gosta de ter vantagens nas suas compras? Para aproveitar as melhores promoções, conheça o Vivo Descontos. Com esse serviço, você terá direito a cupons de desconto e promoções em restaurantes e lojas das melhores marcas do Brasil. Ao se cadastrar, você recebe ofertas exclusivas com link direto para página e ainda dicas básicas de planejamento financeiro para planejar melhor seus gastos e fazer seu dinheiro render mais.

> Vivo Descontos: Receba cupons ilimitados por SMS, internet ou aplicativo de smartphones

E para você, quando vale a pena usar milhas? Comente e compartilhe as dicas!

metas de curto médio e longo prazo
quando vale a pena comprar título de capitalização
como conseguir desconto na compra de livros
exemplos de produtos supérfluos
como pechinchar na internet
como conseguir desconto em faculdade particular