Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Manter o aluguel ou comprar um imóvel: saiba como decidir

A- A+

Sua vida financeira anda difícil e mudar de casa é uma necessidade. Nessa hora, é preciso avaliar uma das grandes questões em relação ao bem-estar financeiro e patrimônio de uma família: manter o aluguel ou comprar um imóvel.?

Ambas opções podem ser mais adequadas, dependendo do perfil econômico e da situação de vida em que se encontra. Confira algumas dicas para avaliar qual se encaixa melhor no seu bolso.

aluguel

Em algumas situações, aluguel pode ser opção mais barata de moradia. Foto: iStock, Getty Images

Vale a pena investir no aluguel?

Para o professor Nelson Chalfun Homsy, do Instituto de Economia da UFRJ, a tomada de decisão passa pelo fato de a pessoa já possuir um imóvel próprio ou dinheiro disponível para abater grande parte do financiamento. Nesses casos, ele aconselha a comprar.

Já para o professor de Economia da Universidade Estácio de Sá, do Rio de Janeiro, Jair de Abreu, tudo depende do objetivo para esse imóvel, se é apenas moradia ou se busca aumentar as fontes de receitas com o aluguel.

“Ao se pensar em constituir valor patrimonial, o investimento na aquisição de um imóvel é sempre a decisão mais adequada, pois isso significa o direito de posse e propriedade sobre o bem imóvel. Ao alugar, incorre-se numa despesa mensal que não tem nenhum vínculo com a criação de patrimônio”, explica Abreu.

Como regra geral, indica-se que o valor destinado ao financiamento não deve nunca superar 30% da renda familiar. Caso isso não seja possível, alugar pode ser a melhor opção. Se você já tem problemas com suas finanças, deve fugir de novas ameaças ao bolso.

Leve em conta também o tempo que pretende passar no local. Para estadias inferiores a cinco anos, o recomendável pode ser optar pelo aluguel.

Aluguel ou compra na ponta do lápis

Há ao menos dois tipos de fórmulas matemáticas que podem ajudar a tomar essa decisão. Um deles toma como base a rentabilidade do imóvel. Se o total investido anualmente no aluguel for igual ou superior a 6% do valor do imóvel, a compra é a mais indicada.

Por exemplo, caso o imóvel desejado custe R$ 250 mil e seu aluguel saia por R$ 1.000 ao mês, 4,8% será o total gasto com a locação, o que justifica a decisão por alugar. Em outro cenário, que considera R$ 1.500 como valor de aluguel, a opção recomendada se inverte, pois a locação custará anualmente 7,2% do preço do imóvel.

Outra possibilidade é usar uma base de cálculo bastante empregada pelos americanos, que divide o preço do imóvel pelo valor anual investido no aluguel. Se o resultado for superior a 20, a aquisição definitiva é indicada.

Considerando os exemplos citados anteriormente, com o imóvel ao custo de R$ 250 mil, vale locar se o aluguel for de R$ 1.000 ao mês (resultado: 20,83), enquanto compra é indicada em caso de aluguel de R$ 1.500 mensais (13,89).

Além desses fatores, deve pesar na decisão em favor do aluguel as despesas burocráticas que consomem uma importante parte do orçamento na hora da compra.

aluguel

Vale comprar para alugar?

E se a aquisição visar uma renda extra com a locação do imóvel? De acordo com Abreu, essa é uma forma muito utilizada para se resguardar para a aposentadoria, pois trata-se de um investimento tido como seguro.

Nesse caso, é importante escolher imóveis de fácil locação e bem localizados, optando por lojas comerciais, pequenos apartamentos ou galpões para acondicionamento de materiais, por exemplo.

No entanto, ele alerta que o aluguel de imóveis comerciais exige noção técnica e operacional do negócio e da legislação do inquilinato. “É preciso ter conhecimento do mercado de imóveis e da legislação que suporta a área, no sentido de minimizar os transtornos que podem surgir na gestão do negócio”, afirma.

Assistência para o seu imóvel

Seja qual for a sua opção, pelo aluguel ou pela compra, é importante preservar o seu patrimônio e estar com tudo funcionando de forma perfeita no seu lar. Com o Vivo Assistência Casa e Auto, você conta com serviços de eletricista e encanador para sua casa, socorro mecânico para seu automóvel e chaveiro para os dois, sempre que precisar, por apenas R$ 5,90 por mês.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta eletricista, encanador, chaveiro e mais para casa

Pronto para se decidir pelo aluguel ou pela compra do imóvel? Deixe um comentário.

É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
almofadas para sofá
como calcular a reforma de um apartamento
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos
como lidar com a avareza