Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Manta, cobertor ou edredom: como se preparar para as noites de inverno

A- A+

Com a chegada do inverno e suas temperaturas mais baixas, a manta se torna uma companheira fiel dentro de casa. Seja no sofá para assistir televisão ou na cama para ficar mais aquecido, ela é uma grande ajuda. Mas não é a única opção para cobrir-se. Pode ser demais em dias quentes ou pouco para uma noite muito fria. Você sabe escolher a melhor opção de roupa de cama?

Manta ou edredom?

Entrar em uma loja de departamentos para escolher roupas de cama novas pode não ser tarefa fácil. Decidir entre os itens que você quer, os que realmente vão suprir a sua necessidade e aqueles pelos quais você pode pagar exige um pouco de paciência e algum conhecimento sobre as funções e as características de cada um desses itens.

Cada tipo de roupa de cama é feita com um tipo específico de tecido e, por isso, desempenha funções diferentes. Assim como os lençóis e fronhas são feitos com tecidos mais leves, como o algodão ou a seda, a manta, o edredom e o cobertor são produzidos a partir de materiais mais espessos, que conseguem isolar melhor o frio.

seudinheiro-manta

As mantas podem ser encontradas em plush ou tecidos que barrem a entrada de frio. Foto: iStock, by Getty Images

O edredom, segundo a blogueira especialista em itens domésticos Flávia Ferrari, é uma coberta acolchoada, formada por plumas ou algum tipo de espuma. Forrada por tecidos, geralmente, com base de algodão e poliéster, eles são indicados para você se cobrir em noites de temperaturas mais amenas ou até mesmo durante o verão. São leves, não esquentam tanto.

Na questão financeira, como são mais simples do que outros tipos de cobertas, eles também se destacam pelo preço mais baixo. Os valores variam muito conforme o tamanho de cada peça. Se você tem uma cama king size, por exemplo, precisa de um edredom maior. Logo, com mais tecido, você gasta mais. De qualquer forma, um edredom de casal custa, em média, R$ 100.

Já a manta é um pouco mais quente. Feita com tecidos que aquecem mais ou que barram mais a entrada do frio externo, elas são ideais para os dias de temperatura mais baixa, mas não tão frios assim. Podem ser encontradas em materiais como o plush, material de fibras curtas, ou em microfibra maleável, com um toque mais aveludado.

Você vai se interessar por:

Veja 6 dicas para economizar com roupa de inverno
Como comprar casacos de inverno baratos
O que verificar na escolha do aquecedor a óleo

Assim como acontece com o edredom, a manta varia de valor conforme o tipo de tecido e o preço. A microfibra, por ser um material mais simples, geralmente tem preços mais baixos. Você pode encontrar peças por, em média, R$ 5. Já o plush é um material com base de lã e, por isso, custa um pouco mais. Em tamanho de casal, custa cerca de R$ 80.

Cobertor: o que vai além da manta

Segundo Flávia Ferrari, o cobertor é uma peça – geralmente retangular – produzido a partir de tecidos de lã ou algodão felpudo, com fios mais grossos, que se usa para manter o corpo aquecido. Por ser mais pesado e quente do que a manta, ele é indicado para os dias verdadeiramente frios, em que é preciso cobrir-se com peças que isolem a temperatura baixa.

Por utilizar tecidos mais grossos e ser mais longo, para garantir um caimento completo na cama, ele é o que custa mais caro entre os três tipos de cobertas. Mesmo assim, ele é necessário para quem mora em regiões onde as temperaturas baixas são comuns durante o inverno. Um cobertor de casal custa R$ 150, em média.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para manta

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico