Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Mais mulheres chefes de família: por que se preocupar com seguro

A- A+

Se há alguns anos a entrada da mulher no mercado de trabalho era algo que causava choque, hoje elas já dominam várias áreas da sociedade. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 38,7% dos lares brasileiros têm mulheres com chefes de família. Os dados, do censo de 2010, mostram que a liderança feminina muda a forma como as famílias se organizam e se preparam para as situações do dia a dia.

As mulheres como chefes de família

Chefes de família são aquelas pessoas apontadas como referência pelos moradores de uma casa. É essa a informação que o IBGE considera: a pessoa que é vista como líder pelos familiares. Com ou sem companheiros, as mulheres são as chefes de muitos dos mais 50 milhões de domicílios brasileiros e ajudam a complementar a renda de outros tantos.

chefes-de-familia

Segundo o IBGE, 38,7% dos lares brasileiros têm mulheres com chefes de família. Foto: iStock, by Getty Images

Uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgada junto com o censo de 2010 mostra que as mulheres são coprovedoras de suas famílias. Isso significa que cada vez mais a população feminina vai ao mercado de trabalho em busca de dinheiro para garantir o sustento dos familiares, mesmo que os companheiros sejam os chefes da família.

A mesma pesquisa aponta que, enquanto os homens pagam contas mais gerais, são as mulheres que pagam as contas mais básicas de seus lares, como alimentação e roupas. Essa é uma mostra da relação das mulheres com o dinheiro. O perfil feminino é de controle. Quando são responsáveis pelo dinheiro da família, elas gastam com o que é necessário e não se arriscam.

Essa é uma das principais diferenças entre os domicílios liderados por homens e aqueles que têm mulheres como chefes de família. Homens correm mais riscos. Eles investem o seu dinheiro em coisas que podem não dar o lucro esperado ou que não terão resultado rápido. Já as mulheres preferem gastar com aquilo que causa resultado imediato.

Chefes de família: prevenção

O perfil mais conservador das mulheres tem influência na segurança das famílias chefiadas por elas. Mesmo que muitas guardem dinheiro para possíveis dificuldades, a maioria das mulheres não têm seguro de vida ou plano de saúde. Além de ficarem desprotegidas, deixam a família em risco.

Caso a mulher venha a faltar, seja por morte ou invalidez, os filhos e o marido até poderão receber um benefício do governo chamado pensão por morte. O problema é que o valor pago é muito baixo e não consegue cobrir todas as despesas pagas pelos chefes de família. A chance de deixar a família em uma situação complicada é grande.

Investir em seguros contra acidentes é um tipo de gasto que combina com a ideia de segurança que as mulheres, em geral, desejam passar para a família. Um seguro contra acidentes pessoais é a garantia de que, mesmo que alguma coisa aconteça com você, a sua família não ficará sem nenhum tipo de ajuda. É um investimento que você faz todo os meses e que dará resultados no futuro.

Segurança para a família

Está pensando em contratar um seguro? Em parceria com a ACE seguradora, a Vivo oferece seguros de vida com diversos benefícios, como minutos grátis para falar de Vivo para Vivo nos finais de semana, além de sorteios mensais pela loteria federal. Tudo isso com a comodidade de pagar o seguro através da fatura do celular.

> Seguros para Você: Conheça seguros de vida e acidentes pessoais

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

O controle financeiro pessoal e o futebol
vale a pena ter seguro
quanto custa um seguro de vida
empresa familiar
Ela aposta na longevidade saudável
Conversando sobre direitos do consumidor do plano de saúde