Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Lei de Mercado de Capitais completa 50 anos. Conheça mais sobre ela

A- A+

Quem investe na Bolsa de Valores, contrata o serviço de sociedades corretoras ou de outras instituições financeiras, vê em pleno funcionamento o mercado de capitais. Trata-se de um sistema de distribuição de valores mobiliários que proporciona liquidez aos títulos de emissão de empresas e viabiliza o processo de capitalização.

Os 50 anos da Lei de Mercado de Capitais

A lei que regulamenta o mercado de capitais completou 50 anos em julho. Aprovada em 1965, a legislação foi transformadora para controlar o sistema. Antes dela, os corretores eram nomeados pelo poder público e a função era transmitida por herança, como num regime cartorial.

O mercado de capitais é um sistema de distribuição de valores mobiliários.

A lei que regulamenta o mercado de capitais completou 50 anos em julho. Foto: iStock, Getty Images

No início, os pregões duravam meros 20 minutos e a negociação das ações se dava por ordem alfabética. Esse forma de realizar os negócios gerava diversas distorções. “Normalmente, quando o mercado abria em queda e era uma ação atrás da outra, uma determinava o comportamento da seguinte”, lembra o economista Ronaldo Nogueira.

Em 1964, quando era “preposto sucessor” de um corretor na bolsa carioca, Nogueira iniciou o movimento que culminaria na criação da lei. Tudo começou com um pregão que acabou influenciado pela forma arcaica como o mercado funcionava na época, conforme conta a revista RI especial sobre o aniversário da lei.

“Naquele dia, houve uma inversão, com um forte movimento de compra no grito. Quando a tendência virou, todo mundo começou a comprar”, lembra Nogueira que, poucos minutos depois, ao fim do pregão, via corretores gritando “comprei meu apartamento! Ganhei minha viagem” e outros desolados e silenciosos – humores influenciados pela ordem alfabética que ditava o momento das negociações de suas empresas.

Você vai se interessar por:

Além da poupança: saiba qual o melhor investimento financeiro para você

Saiba o que é um banco de investimento e como ele funciona

Quais são os melhores investimentos atualmente? Descubra

O que é negociado no mercado de capitais?

Diversos tipos de papéis são negociados no mercado de capitais. Confira abaixo os principais deles:

Ações

São títulos de renda variável, emitidos por sociedades anônimas, que representam a menor fração do capital da empresa emitente. As ações são conversíveis em dinheiro pela negociação na Bolsa de Valores.

Commercial papers

É como uma nota promissória de curto prazo para financiar seu capital de giro.

Debêntures

São títulos emitidos por empresas do tipo SA (Sociedades Anônimas) e seus recursos são destinados principalmente para capital fixo das empresas, pagar juros, participações nos lucros, etc. As debêntures são títulos de médio prazo.

CDBs (Certificados de Depósitos Bancários)

São formas de captação dos bancos comerciais e de investimentos.

CDIs (Certificados de Depósitos Interfinanceiros ou Interbancários)

São certificados de depósitos que ocorrem entre instituições financeiras deficitárias com as superavitárias para equilibrar o caixa do dia.

Letras de câmbio

São forma de captação de financeiras. São a base de recursos das sociedades de crédito e financiamento, as conhecidas financeiras.

 

Gostou de conhecer mais sobre o mercado de capitais? Deixe seu comentário.

investir em imóvel na planta vale a pena
vale a pena investir na decoração de uma casa para alugar
vale a pena ter seguro de vida
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
dinheiro poupança pode ser penhorado