Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Lavagem do carro deve entrar nos custos mensais do veículo

A- A+

Revisão, troca de peças, eventuais reparos, estacionamento, IPVA, seguros e combustível. Itens não faltam na lista de gastos com os automóveis, mas ainda é preciso acrescer pelo menos mais um: a lavagem. Embora muitos desconsiderem esse custo, a soma ao fim do ano pode representar mais do que você imagina – e atrapalhar o seu orçamento.

Lavagem do carro é parte do orçamento

Em geral, a indicação é que a lavagem do carro ocorra de 15 em 15 dias, para evitar o acúmulo de poeira e outras sujeiras que possam prejudicar a lataria e causar ferrugem, manchas e mesmo riscos que podem ser difíceis de tirar mais tarde. Tudo, é claro, depende do uso do seu carro e o tipo de local em que ele costuma circular. Em estradas de terra, por exemplo, o acúmulo de barro pode exigir que a limpeza ocorra de forma mais frequente.

São R$30 reais em uma semana, mais R$40 em outra para garantir uma lavagem mais completa e, no fim de contas, os gastos que não estavam previstos já somaram mais dinheiro do que você tinha sobrando. A melhor saída é fazer um planejamento financeiro e organizar todos os custos que o seu automóvel rende mensalmente. Esses dados devem ser analisados em conjunto com os outros números da sua renda.

No caso de um automóvel financiado, opção cada vez mais comum para os compradores, o presidente da DSOP Educação Financeira, Reinaldo Domingos, destaca que você vai ter de pagar as prestações junto ao banco e ainda dispor de um valor mensal para a manutenção, inclusive a lavagem. Sem ter o orçamento em ordem, manter todas essas contas em dia é tarefa complicada.

lavagem do carro

Lavagem regular é importante para a manutenção, mas pode encarecer o seu orçamento mensal. Foto: iStock, Getty Images

 

Custos com a lavagem

De acordo com a Inflação do Carro, que faz um levantamento dos preços de todos os itens usados pelo motorista, 2014 terminou com uma alta de 4,1%, número que ainda ficou abaixo da inflação. Não fosse a crise de água, os gastos dos motoristas poderiam ter sido ainda menores.

Afinal de contas, com a crise de abastecimento em algumas regiões do país, especialmente em São Paulo, a procura por locais que lavam carros diminuiu e o preço, como consequência, ficou mais alto. Enquanto o valor da lavagem completa subiu 7,5%, a simples teve uma alta de 20,1%.

Mais do que nunca, a opção é buscar alternativas que possam baratear custos e diminuir o consumo de água. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), cada ser humano consome, em média, 110 litros de água por dia para beber e suprir suas necessidades básicas com higiene pessoal e limpeza de roupas. Já na lavagem de um carro, o gasto aproximado é de 300 litros.

Embora os preços não costumem diferir muito do modelo tradicional, uma possibilidade que tem se tornado popular é a lavagem a seco, também conhecida como ecológica. Em geral, esse sistema utiliza uma pequena quantidade de água (menos de um litro), em que são diluídos os produtos que vão remover a sujeira. Além disso, a cera utilizada dá proteção à pintura e dificulta que resíduos se prendam à lataria.

 

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou das dicas sobre lavagem? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria