Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

IPTU Vitória tem desconto de 8% até o dia 18 de março

A- A+

Cobrado anualmente de quem é proprietário ou detém a posse de imóveis localizados na área urbana, o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) tem diferentes datas de vencimento nos municípios brasileiros. Em 2016, o IPTU Vitória pode ser quitado com desconto de 8% até o dia 18 de março. Veja como usar o benefício, entenda o cálculo do imposto e conheça o calendário.

Quem mora na capital do ES paga o IPTU Vitória

Contribuinte de Vitória pode quitar tributo ou parcelar a partir de 18 de março. Foto: Diego Alves

Como pagar o IPTU Vitória com desconto

Para ter direito ao desconto de 8% no IPTU, o contribuinte deve ter em mãos o carnê de pagamento emitido pela Prefeitura, e se dirigir a um dos bancos conveniados para quitar o imposto. Neste ano, Vitória firmou parceria com os seguintes agentes:

  • Banco do Brasil
  • Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes)
  • Banco Santander
  • Bancoob-Sicob
  • Bradesco
  • Caixa Econômica Federal
  • Casas Lotéricas da Caixa
  • Itaú

O prazo para pagamento com desconto vai até o dia 18 de março, que também é a primeira data para quem decidir parcelar. O IPTU com o valor de até R$ 100 por ser parcelado em cinco cotas. Acima desse montante, há possibilidade de parcelar em até dez vezes.

É importante lembrar que todos os impostos são de responsabilidade do contribuinte. Assim, se você não recebeu o carnê para pagamento do IPTU 2016, deve comparecer à Prefeitura de Vitória para fazer a retirada. Outra opção é requerer a segunda via pela internet, no portal da Prefeitura.

Entendendo o cálculo do IPTU Vitória

Para chegar ao montante do imposto, a Prefeitura avalia os imóveis e estipula um valor venal. O cálculo leva em consideração fatores como a localização do imóvel (Planta Genérica de Valores), valor do metro quadrado, idade e situação do lote.

Depois de obter o valor venal, é aplicada uma alíquota, que varia de acordo com a avaliação do imóvel e com a forma de utilização – residencial, não residencial e não edificado (terreno).

Para imóveis residenciais, a alíquota máxima, que é aplicada a residências com valor venal acima de R$ 60 mil, é de 0,20%. Para imóveis não residenciais, a porcentagem pode chegar a 0,40%, caso o valor venal supere R$ 300 mil. Por fim, os terrenos podem ser taxados com uma alíquota de até 3%, se a avaliação superar R$ 500 mil.

Você vai se interessar por:

Imóveis com desconto no IPTU

Desde 2001, a Prefeitura concede isenção parcial ou total do IPTU aos proprietários que mantêm os imóveis de interesse de preservação em bom estado de conservação. A ideia é incentivar a manutenção das edificações que incorporam a história, o patrimônio cultural, paisagístico e arquitetônico de Vitória.

Além disso, quem é proprietário de imóvel urbano situado parcial ou totalmente em áreas de preservação também pode obter uma isenção de, no mínimo, 50% sobre o valor total do IPTU Vitória.

Outros casos de isenção incluem imóveis edificados com valor venal até R$ 30 mil e terrenos com valor venal até R$ 7 mil. Idosos também têm direito a 75% de desconto no valor, desde que compareçam à Central de Atendimento ao Contribuinte com a documentação necessária: cópias do CPF e da Carteira de Identidade, três últimos comprovantes de rendimento familiar, número do benefício e Certidão de Casamento.

Serviço:

Se restou alguma dúvida a respeito do IPTU, a dica é procurar a Central de Atendimento ao Contribuinte, no Palácio Jerônimo Monteiro, que fica na Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, número 1927.

O horário de funcionamento é das 12 às 18 horas, de segunda à sexta-feira. Outra alternativa é consultar a página da Prefeitura dedicada a sanar as dúvidas mais frequentes dos cidadãos.

 

E aí, vai parcelar o IPTU ou pagar à vista? Comente!

preço de imoveis começa a cair
como parcelar dívida ativa do IPVA
investir em imóveis
direitos do inquilino
composição da carga tributária
preços dos imóveis mais caros de SP