Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

IPTU: veja como calcular, pagar e se planejar

A- A+

O IPTU é um imposto que deve ser pago, anualmente, por quem possui propriedade imobiliária na área urbana. Ou seja, residências, prédios comerciais e industriais, terrenos e chácaras. Para o caso de imóvel alugado, a Lei do Inquilinato estabelece que a responsabilidade de pagar o imposto permanece com o proprietário. Mas ela pode ser repassada ao inquilino, desde que isso esteja especificado em contrato.

Mesmo sendo pago todos os anos, na hora de quitar o boleto surgem as dúvidas: como fazer o cálculo, pagar à vista ou parcelar? Confira algumas respostas que podem ajudar.

O imposto varia de acordo com a propriedade. Foto: iStock, Getty Images

O imposto varia de acordo com valor venal e alíquota. Foto: iStock, Getty Images

Saiba como calcular o IPTU

O cálculo do IPTU é feito a partir de dois elementos: o valor venal e a alíquota. A base do cálculo é feita a partir do primeiro, que nada mais é do que o valor de venda do imóvel. Já alíquota cobrada em cima desse valor varia de um município para outro. Sua definição leva em conta características como a área total do imóvel, tipologia e posição,  se é residencial ou comercial e o preço médio do metro quadrado na região em que ele foi construído. Se  valor venal for R$ 100 mil, por exemplo, e a alíquota usada para calcular o imposto é de 1%, então o proprietário deve pagar R$ 1,6 mil.

Por se tratar de um tributo municipal, todo o dinheiro arrecadado pelo IPTU vai para os cofres da sua cidade. Em geral, ele serve para que as prefeituras financiem desde melhorias em ruas até a construção ou reforma de postos de saúde e escolas. Em muitas localidades, é a principal fonte de arrecadação.

Como pagar o IPTU

Quanto se trata do pagamento, é preciso decidir se o valor vai ser desembolsado à vista ou em parcelas. Como o IPTU deve sempre ser pago na virada de um ano para o outro, período em que uma família também costuma ter uma série de outros gastos, como material escolar e despesas com férias, o importante é se planejar antes. A maioria das prefeituras oferece descontos para quem optar pelo pagamento à vista. Segundo os especialistas, é importante se planejar e, se possível, pagar com antecedência.

“Se a pessoa dispõe do recurso, pode pagar à vista, mas antes deve verificar qual é a porcentagem de desconto. Taxas superiores a 3% são interessantes e podem representar um bom valor”, explica o empresário e administrador especializado em finanças Altemir Farinhas.

Tudo, é claro, depende das suas condições financeiras. Sem um planejamento financeiro prévio, deixar de parcelar pode criar um problema no orçamento. Se você gasta menos do que recebe, a dica é juntar um pouco por mês para formar uma reserva para o ano seguinte. O ideal é guardar esse dinheiro de separado do restante que costuma ser movimentado.

Conta corrente sem complicação

Você já pensou em ter uma conta corrente no seu celular, que facilita os pagamentos, as compras e os saques em todas as situações? Tudo isso sem necessidade de comprovar renda e para ajudar a controlar o seu dinheiro e economizar, quem sabe até pagar pagar o IPTU à vista. Com o Vivo Zuum você pode:

– Transferir dinheiro para outra pessoa que também tenha conta Vivo Zuum, de qualquer lugar.

– Recarregar os créditos do seu celular Vivo, de um parente ou amigo.

– Pagar contas de água, luz, gás e boletos bancários.

E solicitando o cartão Vivo Zuum, você também pode:

– Fazer compras em mais de 1,8 milhão de estabelecimentos conveniados MasterCard.

– Sacar dinheiro em caixas eletrônicos da Rede Cirrus.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou das dicas sobre IPTU? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria