Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

IPTU de Curitiba: quitação até 12 de fevereiro garante 6% de desconto

A- A+

Se você reservou algum dinheiro para pagamentos de tributos, antecipar o pagamento do IPTU de Curitiba pode ser um bom negócio. Quem efetuar o pagamento em parcela única garante desconto. Saiba mais sobre a programação de 2016.

Moradores devem ficar atentos as regras do IPTU de Curitiba.

Em Curitiba, contribuinte tem opção de parcelar pagamento do IPTU em até dez vezes. Foto: Shutterstock

Informe-se sobre o IPTU de Curitiba

Quem puder quitar o IPTU de Curitiba em cota única pode economizar 6% do tributo se efetuar o pagamento até 12 de fevereiro. A prefeitura começa a encaminhar os 535 mil carnês no mês de janeiro, pelos Correios. O prazo vale também para pedidos de impugnação.

O valor do IPTU foi corrigido em 10,48%, índice correspondente à inflação acumulada, conforme o IPCA, entre dezembro de 2014 e novembro de 2015. Incidem sobre o valor de 2015, além desse índice, mais 4% de correção para imóveis edificados e 7% para imóveis sem edificação.

Os percentuais estão todos previstos na Lei Complementar 91/2014, que foi aprovada pela Câmara Municipal. A legislação corrigiu a planta genérica de valores imobiliários de Curitiba, que desde 2003 não era atualizada.  

Optando pelo pagamento parcelado em até dez vezes, entre os dias 11 e 15 de cada mês, a partir de fevereiro, é preciso seguir o dígito verificador da indicação fiscal para saber a data. Confira o calendário de vencimento do IPTU de Curitiba:

  • Dígitos 1 e 2: dia 11
  • Dígitos 3 e 4: dia 12
  • Dígitos 5 e 6: dia 13
  • Dígitos 7 e 8: dia 14
  • Dígitos 9 e 0: dia 15

Aqueles que optaram por débito automático, terão a primeira parcela vencendo no dia 19 de fevereiro, não importando o dígito. As parcelas seguintes devem ser pagas sempre no dia 15 de cada mês.

Pagamentos de tributos recolhidos fora de prazo incidirem juros de 1% ao mês ou fração, atualização monetária mensal, com base no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e multa de 0,33% ao dia, limitada a 10%.

O decreto estabeleceu ainda novos valores da taxa de lixo, que é cobrada juntamente com o IPTU. Imóveis residenciais tiveram o valor foi fixado em R$ 257,40 e imóveis não residenciais em R$ 440,80.

Idosos aposentados e donos de um único imóvel, cuja renda não ultrapasse a três salários mínimos, tiveram redução a ser aplicada no valor venal.

IPTU: o que é?

O Imposto Predial e Territorial Urbano é municipal e tem previsão no Código Tributário Nacional. As melhorias urbanas fazem parte dos seus objetivos, como serviços bastante necessários ao dia-a-dia dos municípios: sistema de esgotos sanitários, calçadas, iluminação das vias públicas, abastecimento de água, escolas e postos de saúde.

O cálculo do IPTU é feito a partir do valor venal do imóvel, o que ele alcançaria para venda à vista, de acordo com as condições atuais do mercado imobiliário.

Você vai se interessar por:

Oportunidade de economizar

Início de ano é sempre recheado de contas, não é mesmo? Se o dinheiro é uma preocupação e a economia uma necessidade, você pode realizar transações bancárias sem pagar taxas por isso, com toda comodidade.

Com o Vivo Zuum, uma conta pré-paga gerenciada pelo celular, você pode fazer pagamentos, transferências e até mesmo recarga de celular. Tudo isso sem mensalidades. Se preferir, você pode adquirir o cartão Vivo Zuum para fazer compras no débito e saques.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

O que achou das regras do IPTU de Curitiba para 2016? Comente!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria