Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Investir na Bovespa exige cautela e estudo

A- A+

A BM&F Bovespa é a responsável por administrar no Brasil diversos produtos e serviços ligados ao mercado financeiro. São ações, títulos em renda fixa e variável, ativos financeiros e taxas, para citar apenas alguns deles.

Resultado da fusão entre a BM&F e da Bovespa, hoje ela é a principal bolsa de valores do país e costuma chamar a atenção de quem deseja começar a investir o seu dinheiro. Mas, diferentemente do que muitos imaginam, não basta comprar algumas ações e esperar que elas rendam fortunas. Trata-se de um mercado que envolve riscos, principalmente para aqueles que não conhecem as particularidades que ele oferece e se aventuram sem ter objetivos específicos traçados.

Cuidados antes de investir na Bovespa

Não é à toa que a primeira dica de André Luis Momberger, assessor de investimentos da Focalise, é buscar conhecimentos específicos sobre como funcionam os investimentos na BM&F Bovespa. Afinal, não faltam variáveis envolvidas e a principal forma de lucrar é antever os movimentos do mercado.

Além da economia do país, fatores como a taxa de inflação, crises políticas e abalos na imagem de uma empresa também podem influenciar no rendimento que o seu dinheiro vai ter. Resumindo, esse modelo de investimento exige estudo para evitar surpresas desagradáveis, pontua Momberger.

Outro ponto importante é o conhecimento sobre o seu perfil como investidor. É ele que vai ajudar a determinar a sua tolerância aos riscos, tempo de investimento e mesmo os objetivos que você pretende alcançar. Quanto mais cedo você se dedicar a conhecer a bolsa de valores, mais tempo possui para receber retornos e aprender.

Bovespa

O mercado de ações pode trazer bons retornos, mas exige conhecimento Foto: Shutterstock

BM&F Bovespa ensina como investir

Uma boa forma de começar é buscar informações iniciais, como as vantagens e riscos envolvidos, quais são os valores mínimos para investir e mesmo quais são as modalidades disponíveis. Não sabe por onde começar? Confira quais são os primeiros cinco passos para quem deseja investir na Bovespa:

1. Defina qual é o seu objetivo: para quem investe, é fundamental traças metas específicas, que permitam analisar os lucros – e mesmo as perdas – de forma objetiva. Pense sobre o tempo que você deseja manter o seu dinheiro aplicado, qual é o valor disponível e o quanto ele precisa render. Nesse processo, é preciso também estar preparado para arcar com perdas. Ou seja, defina ainda um limite máximo para parar

2. Conheça as formas de investir: a BM&F Bovespa concentra uma infinidade de opções que envolvem o mercado financeiro. Antes de escolher, é preciso conhecer o que cada uma delas oferece e descobrir se está de acordo com os seus objetivos. É possível, por exemplo, escolher os Fundos de Índice, os clubes de investimentos, realizar a compra direta de ações ou mesmo aplica em fundo

3. Cadastre-se a uma corretora credenciada: para Vitor Machado, professor na Tino, esse é um dos passos mais importantes. É ela que vai orientar você sobre os melhores investimentos, ajudar a definir o seu perfil como investidor e mesmo avisar sobre novos produtos

4. Descubra quais são as taxas envolvidas: como nem tudo é lucro, também é preciso estar atento às taxas que vão aparecer ao longo dos investimentos. Ao principais delas são a de corretagem e a de custódia, que variam de uma corretora para outra. Na maioria dos casos, há ainda as deduções do Imposto de Renda

5. Escolha as suas ações: por fim, é hora de escolher em quais ações o seu dinheiro vai ser investido. Aqui vale a conserva com a sua corretora, especialistas na área e uma análise mais abrangente do mercado. Afinal, é esse passo que vai determinar, de modo mais direto, qual vai ser o seu lucro.

Tarifas em bônus

Para quem costuma investir e movimentar o seu dinheiro no banco, as tarifas bancárias costumam ser um problema. Uma forma de economizar é convertendo essas taxas em bônus para celular. O programa Conta Bônus, da Vivo, converte integralmente o valor da tarifa em bônus no seu Vivo Móvel Pré, Pós ou Controle. Os benefícios, disponibilizados em até 7 dias úteis após o débito da tarifa, ficam disponíveis por 30 dias a partir da data de concessão.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas para investir na BM&F Bovespa? Compartilhe!

investir em imóvel na planta vale a pena
vale a pena investir na decoração de uma casa para alugar
vale a pena ter seguro de vida
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
dinheiro poupança pode ser penhorado