Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Internet das Coisas pode facilitar consumo e mudar sua vida

A- A+

Mercado em expansão no mundo da tecnologia, a Internet das Coisas pode não só mudar sua vida, mas também a forma de consumir. O conceito ainda pode soar estranho, mas para você que está sempre em busca de soluções para economizar, é importante conhecê-lo melhor e saber como aplicá-lo no seu dia a dia.

A Internet das Coisas na sua vida

A Internet das Coisas ou IoT (Internet of Things) é um conceito usado para referir ao atual momento tecnológico em que máquinas e itens do dia a dia passam a estar conectados entre si. O foco não está apenas em trocar informações, como aproveitar esses dados para melhorar as experiências dos usuários e criar novas oportunidades.

A ideia é que o físico e o digital se confundam e se comuniquem, que possamos usar e vestir peças conectadas. Assim, a Internet das Coisas está presente não apenas em computadores e smartphones, mas também em óculos, tênis, eletrodomésticos e em inúmeros outros dispositivos.

Internet das coisas no celular

Com a difusão do conceito smart, tecnologia cria e recria ambientes inteligentes. Foto: Shutterstock

As possibilidades são tantas que praticamente não haverá setor em que a tecnologia não estará presente. As promessas incluem ainda menores custos de serviços, já que o monitoramento das informações sobre qualidade e manutenção prometem também maior agilidade e eficiência, além de poder antecipar problemas.

Alguns dos setores mais lembrados de utilização são os da área médica, de segurança, gestão de energia, casas e prédios inteligentes.

Esse último, por exemplo, permite uma série de aplicações da tecnologia, como reconhecimento de presença para ligar e desligar luzes, identificação e fluxo de pessoas e envio das informações para empresas de segurança e seguradoras.

O consumo na Internet das Coisas

As formas de consumo deverão ser bastante afetadas pela tecnologia IoT. As trocas de dados permitem repassar informações sobre hábitos, padrões de consumo e preferências pessoais, assim como já vemos acontecer em anúncios de páginas após fazermos buscas na web.

As máquinas vão interpretando desejos, gostos e até necessidades, dependendo do que você programar. No caso de uma geladeira inteligente, por exemplo, é possível ser avisado quanto aos produtos que faltam com base no que costuma estar entre os itens de compras para sua casa.

Outra mudança proporcionada pela Internet das Coisas é a maneira como nos relacionamos com seguros que contratamos de diferentes áreas, de residenciais a de automóveis e até mesmo planos de saúde.

De acordo com Eduardo Prado, consultor de mercado em novos negócios, inovação e tendências em Mobilidade, Convergência e Big Data em Saúde, já existe tecnologia de IoT para prever eventos futuros e avisar clientes. Isso evite possíveis prejuízos no segmento “casa inteligente”.

Outra inovação apontada por ele são os óculos que rastreiam suas condições de saúde.

No seguro automóvel, a Internet das Coisas também está presente. “Há seguradoras que instalam caixas pretas, com o consentimento do cliente, e monitoram velocidade, freios e quilometragem”, afirma Prado.

Você vai se interessar por:

Confira 10 dicas para escolher produtos pela internet

Já pensou em ter um robô que faz faxina?

Tecnologia das casas modernas ajuda a reduzir gastos

O futuro já chegou

Mas engana-se quem vê a Internet das Coisas de um modo apenas futurista. Além de inovações já experimentadas no dia a dia, um lançamento da Telefônica, em julho, vem chamando a atenção.

A plataforma Vivo M2M Control Center para clientes globais permite lançar, gerenciar e rentabilizar seus negócios baseados em IoT em qualquer parte do mundo. Com ela, a operadora oferece uma solução completa para empresas brasileiras de qualquer setor, como utilities, automotivo, segurança, saúde, eletrônicos e smartcities.

Entre outras novidades, a plataforma torna possível o gerenciamento da conectividade, suporte a diagnósticos e faturamento flexível – práticas essenciais para o sucesso nos negócios. Ela utiliza o Telefonica Global SIM, que migra automaticamente as configurações originais do SIM Card.

 

Esse artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

Pokémon Go
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador