Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Inmetro orienta consumidores a observar a etiqueta de roupa

A- A+

Se você é daquelas pessoas que compra uma peça e logo corta a etiqueta de roupa para evitar incômodos na hora do uso, vale ficar atento às dicas que o Instituto Nacional Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) reuniu em sua cartilha.

Você sabia que, além de ficar sem informações que são fundamentais para manter a qualidade do produto, ainda perde a garantia da peça, caso ela esteja sem a etiqueta? O mesmo acontece com o direito de reclamar de peças manchadas ou que encolheram.

Etiqueta de roupa

Etiqueta de roupa deve estar presente em todos os produtos de origem têxtil. Foto: iStock, Getty Images

Fique atento à etiqueta de roupa

Obrigatória, a etiqueta de roupa deve estar presente não apenas nesse tipo de peça, como também em colchões, travesseiros, almofadas e toalhas, assim como em todos os outros produtos de origem têxtil.

Seja em forma de rótulo, carimbo, estampagem ou selo, o importante é que ela seja permanente e esteja sempre disponível para a consulta.

“A cartilha ajuda o consumidor a entender melhor a simbologia relacionada aos modos de conservação do produto e a fazer escolhas mais adequadas, preservando sua roupa, sua saúde e o seu bolso, pois evita que ele leve ‘gato por lebre’”, explica Adelgicio Leite, especialista na área têxtil da Divisão de Fiscalização e Verificação da Conformidade, do Inmetro.

É comum, por exemplo, ver anúncios que mostram uma peça como confeccionada 100% em um tecido, mas que deixam aquela dúvida. Ao olhar a etiqueta, é possível ter certeza de que a informação é verdadeira.

Nem todos os tipos de tecido se adaptam bem a uma condição ou época do ano específica. Enquanto o algodão é fresco e flexível, a lã é quente e um ótimo isolante térmico, muito indicada para o inverno. Imagine quando uma é trocada pela outra por pura falta de informação.

Outra dica do Inmetro é ficar atento às orientações de acordo com a idade. Para crianças, especialmente as com três anos ou menos, zíperes, botões e pedrinhas podem se transformar em um risco. Mesmo quando não há indicação específica, vale o cuidado.

Você vai se interessar por:

Informações presentes na etiqueta de roupa

Agora que você já sabe a importância da etiqueta de roupa, não esqueça de conferir, sempre que comprar um novo produto de origem têxtil: a presença do nome, razão social ou marca registrada do fabricante, a identificação fiscal (CNPJ) e o país de origem. Mesmo que o espaço seja pequeno, esses dados nunca devem estar em caracteres menores do que dois milímetros.

Dê ainda atenção especial ao nome das fibras, que devem estar descritas em porcentagem, a indicação de tamanho e, no mínimo, os cinco principais tratamentos que ajudam na conservação do produto.

Ilustrados na maioria das vezes a partir de símbolos – em alguns casos também por texto -, eles ajudam a entender o que você deve fazer ou não na hora de higienizar a peça.

 

Aprendeu a identificar os elementos de uma etiqueta de roupa? Compartilhe as dicas!

emprestimo urgente para negativado
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
reembolso no cartão de credito
como entender a fatura do cartão de crédito
como abrir uma franquia de alimentos