Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Infográfico: veja dicas para conseguir emprego após a faculdade

A- A+

Ao chegar perto de terminar a faculdade o desafio de conseguir um emprego ganha importância. Ao mesmo tempo em que há mais facilidade de acesso atualmente a cursos de ensino superior, também existe uma concorrência maior mesmo entre profissionais mais qualificados. As exigências devem ser encaradas como motivação para encontrar oportunidades um trabalho.

É comum encontrar pessoas que, mesmo durante o curso, atuaram em outros segmentos profissionais. Muita gente planeja e batalha muito para conseguir ingressar em uma faculdade — e muito mais para conseguir sair dela com o diploma. Nesse caso, a migração para a área de trabalho para a qual você se qualificou não é trivial, já que toda sua experiência aconteceu em outros ramos de atividade.

Para ajudar a pensar estratégias de inserção profissional e conseguir emprego depois da faculdade, criamos um infográfico com passos e ações necessárias. Nele você encontra dicas que podem ser seguidas desde os primeiros semestres do curso, desde o primeiro ano até.

Conseguir emprego: o primeiro após a faculdade

Para obter um primeiro emprego depois da faculdade, o primeiro passo é caprichar no currículo. O documento traz informações profissionais, dados de contato e objetivos de carreira. Inclua, sempre mencionando datas de início e fim, atividades como estágio, faculdade cursada por você, viagens realizadas, cursos de extensão, especialização ou curta duração (especialmente se tiverem relação com a vaga pretendida). Explore os aprendizados e inspirações que cada etapa trouxe para sua vida.

Ao citar habilidades, capacidades e conhecimentos prévios, como idiomas, familiaridade em softwares e ferramentas, seja sincero. Fuja do exagero e, principalmente, da supervalorização. Não adianta prometer espanhol fluente sem realmente poder corresponder, por exemplo. O contrário também é válido: na hora de expor talentos reais, deixe a modéstia de lado.

Use sua rede de contatos e defina prioridades. Fique atento a redes sociais como LinkedIn, Facebook, Twitter e outras. Outra dica é produzir uma carta de apresentação. Nela, você conta sua trajetória e suas motivações de outra forma, para tentar mostrar seu perfil e sua disposição em fazer parte da organização ou empresa pretendida.

Candidatar-se a qualquer vaga pode parecer fácil (às vezes, basta um e-mail ou um formulário preenchido). Mas é importante que você tenha clareza de qual é o perfil de empresa e de atividade que pretende. É claro que são baixas as chances de assumir um cargo de grande responsabilidade e salário elevado. Ao mesmo tempo, restringir demais o leque de organizações desejadas pode atrapalhar seus planos de inserção profissional, mas você tampouco precisa “atirar para todos os lados”.

Por fim, quando finalmente você for convidado para uma entrevista, mantenha a calma e a segurança. Reconheça a falta de experiência profissional como um fator motivador para querer aprender rápido e ajudar. Use experiências de vida em outras atividades como suporte para mostrar que você tem potencial para crescer e contribuir com a organização.

Infográfico

Confira o infográfico.

Gostou do infográfico sobre como conseguir femprego após a faculdade? Compartilhe!

vale a pena pedir demissão
trabalho temporario no canadá
trabalho temporario nos EUA para brasileiros em 2016
profissões inusitadas e alternativas
o que são benefícios assistenciais
como economizar na limpeza