Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Imprevistos acontecem e podem inviabilizar sua obra. Saiba se prevenir

A- A+

Por mais organizado que você seja, imprevistos acontecem em qualquer obra, seja na construção ou reforma de um imóvel. Pessoas precavidas planejam bem seu orçamento, detalham a previsão de gastos e se preparam para os momentos emergenciais. Esse é o segredo para não ser surpreendido por uma despesa capaz de abrir um rombo na sua conta bancária.

Casal sabe que imprevistos acontecem

Para evitar problemas, só coloque a mão na massa se tiver conhecimento para isso. Foto: iStock, Getty Images

Imprevistos acontecem na reforma: previna-se

Se você tem consciência que imprevistos acontecem, vai cruzar os braços ou agir para minimizar os riscos? Se escolheu a segunda opção, parabéns. Agora, mãos à obra: veja sete dicas que podem ajudar nesse desafio:

1. Faça um planejamento

Via de regra, uma reforma sempre sai de 20% a 30% mais cara do que você planejou, ou em relação ao preço de material de construção e mão de obra que orçou. Por isso, contar com uma reserva financeira é fundamental. Caso precise de financiamento, calcule bem o valor das prestações e faça a previsão no orçamento doméstico.

2. Contrate profissionais

Você pode achar que contratar um arquiteto para fazer uma reforma é um custo a mais. Acredite: pode sair muito mais caro se você resolver fazer tudo sozinho – isso sem falar nos aspectos legais. Muitas vezes, a falta de conhecimento do dono da obra leva a gastos muito mais vultosos do que se pode imaginar. Invista em quem entende do assunto e poupe em outros aspectos.

3. Escolha os materiais corretos

Nem sempre o mais barato é melhor, assim como o mais caro não é sinônimo de qualidade. Mais uma vez, um profissional especializado pode lhe ajudar a fazer uma escolha adequada.

Independentemente do padrão de produtos que você procura, uma boa pesquisa de preços também ajuda. O mais importante, porém, é comprar o que comporta as mudanças que você deseja implementar.

4. Confira as medidas

Um erro comum dos proprietários que fazem reforma ou construção é escolher móveis que não cabem no cômodo. Empolgam-se com a beleza e, na hora de instalar, vem uma ingrata surpresa. Antes de mais anda, confira as medidas de todas as peças, sobretudo aquelas que requerem mobília próxima à abertura de porta.

Outra dica interessante é sempre verificar referências de reformas iguais à que você pretende fazer. Saber o que deu certo e de que forma foi feito reduz as chances de erro.

5. Cuidado com o lixo

Outro engano comum dos proprietários desavisados é quanto ao lixo que fica após a reforma. È necessário separar uma verba para contratar uma caçamba para recolher tudo depois. Para quem mora em condomínios, também há risco de multa caso o lixo atrapalhe a circulação de pessoas.

6. Prazo de validade do orçamento

Não é apenas nas prateleiras do supermercado que você deve ficar de olho no prazo de validade. Orçamento de pintura, reforma, de material de construção, todos têm uma data limite. Geralmente, eles valem por 30 dias.

Nas lojas, além de os preços subirem, podem estar sujeitos à disponibilidade de estoque. E não esqueça: alguns materiais variam de custo conforme a oscilação do dólar.

7. Atenção ao “faça você mesmo”

Não há dúvida de que, caso você tenha alguma habilidade para os serviços, pode poupar uma importante quantia em etapas da reforma ou construção. Mas não se iluda: a pintura, que é um item aparentemente simples, requer técnica. Portanto, contrate alguém ou aprenda antes. Se errar nos acabamentos, precisará gastar para consertar, o que sairá ainda mais caro.

Você vai se interessar por:

Seguro para os seus bens

Se você tem um imóvel, uma boa dica é contratar uma proteção extra. Clientes Vivo podem contratar seguro residencial que garante, entre outras coberturas, amparo contra incêndio, raio e explosão. A apólice garante o pagamento de uma indenização, quando ocorrer danos à sua residência ou ao seu conteúdo.

O seguro ainda cobre prejuízos decorrentes de roubo ou furto qualificado, de problemas causados por danos elétricos e Responsabilidade Civil Familiar.

> Seguros para seus bens: Garanta proteção contra incêndio, raio, danos elétricos, roubo e furto

Você também acha que imprevistos acontecem? Compartilhe essas dicas!

como abrir uma empresa de coleta de entulho
como abrir uma empreiteira
lareira em apartamento
projeto de arquitetura
parede de vidro
Comprar casas em Orlando é opção