Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

IMEI é “RG” do celular e protege em furtos; descubra

A- A+

Todo aparelho celular possui um número de identificação, uma espécie de RG do telefone, o chamado IMEI (Identificação Internacional de Equipamento Móvel). Esse número serve para que operadoras e fabricantes verifiquem as características de um celular, como se fosse o chassi de um carro ou um código de série.

O IMEI também é importante para o consumidor. É por meio dele que pode se resolver casos de perda e roubo e ainda receber os benefícios oferecidos pela garantia do aparelho. O número precisa ser informado para que a operadora bloqueie o celular em caso de roubo ou, se ele tiver defeito, para que seja feito o conserto em uma assistência autorizada.

O número do IMEI funciona em conjunto com a tecnologia proporcionada pelo chip GSM. A tecnologia permite que o aparelho seja bloqueado pela operadora, que desabilita as funções de ligações e de conexão com a internet, inutilizando-o para uso, troca ou venda. A tecnologia serve como uma aliada a mais contra furtos e roubos.

IMEI

Manter o IMEI guardado em um lugar seguro é importante para eventuais problemas. Foto: Shutterstock

Como saber o IMEI do seu aparelho

Existem diferentes maneiras de saber o IMEI do seu aparelho de celular. O número pode ser encontrado na caixa do aparelho, no próprio (geralmente no espaço destinado à bateria) e em sua nota fiscal.

O número em série também pode ser acionado na tela do aparelho, bastando o usuário digitar no teclado um código universal que funciona em qualquer celular: a sequência *#06#.

No caso de smartphones com sistema operacional iOS, o número pode ser acionado também na configuração do aparelho: basta acessar as abas “Geral” e “Sobre” e procurar o IMEI.

Em aparelhos com sistema operacional Android, o número também está disponível nas configurações, nas abas “Sobre o dispositivo” e “Status”. Para quem tem o celular registrado no Google Dashboard, basta fazer o login na conta do Google e procurar pelo símbolo do Android na conta. O IMEI aparece na lista de informações do dispositivo.

Usando o IMEI para bloquear o aparelho

É sempre importante manter o IMEI anotado e guardado em um lugar seguro que você vai se lembrar. Em caso de perda ou roubo, ele é sua garantia para que o aparelho possa ser bloqueado e fique desabilitado.

Se você perdeu ou foi roubado, é preciso que você faça um Boletim de Ocorrência relatando o ocorrido. As operadoras exigem o documento para a realização do bloqueio. O boletim pode ser feito em uma delegacia mais próxima ou mesmo no site da Polícia Civil.

Com o boletim e o IMEI em mãos, é só ligar para a operadora, comunicar a perda ou roubo e solicitar o bloqueio.

Seguro para aparelhos celulares

Apesar de bloquear o aparelho, o IMEI não reverte o prejuízo do usuário com a perda ou roubo do celular. Mas hoje em dia já existe no mercado seguros que cobrem perda ou roubo do aparelho.

Como os preços do smartphones estão cada vez mais caros, alguns modelos chegando a custar mais de R$ 3 mil, o seguro pode ser uma boa opção.

> Proteção Celular: Conheça o seguro contra roubo e furto do aparelho

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

vale a pena comprar celular muito barato
Homem comunica bloqueio de celular roubado
Homem comunica IMEI bloqueado
valor do seguro
Digno Rafre é celular à prova d'água
Smartphone para crianças da Positivo