Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Higienização do carrinho de supermercado pode virar lei

A- A+

Não importa com que frequência fazemos compras: há um risco que passa muito longe do bolso e que sequer enxergamos. Pesquisas apontam que o carrinho de supermercado está entre os objetos mais contaminados por bactérias entre os itens oferecidos a clientes.

Alerta no carrinho de supermercado

O perigo de contaminação presente nos carrinhos, assim como em cestinhas, fica em desacordo com o previsto no Código de Defesa do Consumidor, que determina que produtos e serviços não podem gerar riscos à saúde.

Há exceções apenas para aqueles riscos considerados “normais e previsíveis em decorrência de sua natureza”, como é o caso dos medicamentos.

Carrinho de supermercado está entre os objetos mais contaminados.

Carrinho tem risco maior de contaminação do que banheiro público, diz estudo. Foto: iStock, Getty Images

O problema é que o carrinho de supermercado e o mouse das lan houses não se enquadram na norma. Para mudar essa realidade, tramita no Senado um projeto para que sua higienização torne-se lei.

Em setembro, o senador Marcelo Crivella apresentou o PLS 445/2015, que estabelece o dever de higienização não apenas destes, mas de outros utensílios disponibilizados ao consumidor durante o fornecimento de serviços.

Carrinho de supermercado entre os mais contaminados

A preocupação com o carrinho de supermercado não existe apenas no Brasil. Conforme o Comitê de Proteção ao Consumidor da Coreia do Sul, esse é o item mais contaminado entre seis objetos que foram avaliados em pesquisa.

Em segundo lugar, estão os mouses de lan houses, seguidos pela tiras para segurar-se no ônibus, maçanetas de banheiros públicos, botões de elevadores e barras do metrô.

Outro estudo, este realizado pelo Laboratório de Microbiologia da empresa de higienização Indeba, descobriu que todos os 180 carrinhos de um supermercado em Salvador estavam contaminados com Staphylococcus aureus, e aproximadamente 80% deles com Escherichia coli.

Essas bactérias podem causar problemas de saúde diversos, como diarreia, conjuntivite, gripe e até mesmo infecções mais graves caso, entrem em contato com a corrente sanguínea. Pessoas com baixa imunidade, como idosos e crianças, ficam mais suscetíveis a complicações.

Apesar dos dados assustadores, o mesmo estudo demonstrou que uma simples limpeza com detergente neutro e um jato de água faz despencar entre 70% e 100% a presença da contaminação.

Ainda que a análise tenha sido realizada na capital baiana, os resultados podem facilmente serem aplicados a todo o Brasil, já que as condições de compras e de frequência na higienização dos carrinhos se assemelha.

Você vai se interessar por:

Dica de proteção

Para evitar contaminações com o carrinho de supermercado durante suas compras, o ideal é não deixar que frutas, verduras e legumes fiquem em contato direto com esse item. Colocar em um plástico ajuda bastante.

Após terminar suas compras, lavar as mãos de forma caprichada elimina a maior parte das bactérias.

 

Você tem uma boa dica de higiene com o carrinho de supermercado? Comente!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
seudinheiro-Compras-de-supermercado