Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Fundo Garantidor de Crédito protege o seu dinheiro na poupança

A- A+

As notícias da economia não são animadoras. Você se vê diante de um verdadeiro quebra-cabeças para pagar as contas e tem na poupança uma saída para qualquer aperto financeiro mais grave. Mas o que fazer se, diante de tamanha dificuldade, o banco onde o seu dinheiro está aplicado decretar falência? É aí que entra o Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Você pode nunca ter ouvido falar do FGC, mas saiba que esse é o instrumento que pode ser o diferencial para salvar suas finanças diante de um cenário trágico como o sugerido anteriormente. De forma básica, é possível entendê-lo como uma espécie de seguro que protege o seu dinheiro no caso de a instituição financeira à qual sua poupança está vinculada sofrer intervenção, liquidação ou falência, por exemplo.

fundo-garantidor-de-credito

Com o FGC, pode dormir com tranquilidade; seu dinheiro na poupança está protegido. Foto: iStock, Getty Images

O que é o Fundo Garantidor de Crédito

O Fundo Garantidor de Crédito é uma entidade privada, sem fins lucrativos, que administra um mecanismo para garantir a recuperação de depósitos e créditos. Vale para recursos investidos na poupança e em outras aplicações.

O valor protegido fica dentro dos limites estabelecidos pela regulamentação. E qual é esse limite? O fundo que garante o crédito dos seus associados permite uma retirada no valor máximo de R$ 250 mil.

O limite desse ressarcimento é válido por conta. Isso significa que, se você tem uma poupança em conta conjunta com seu cônjuge, o valor não será dobrado, ou calculado por CPF. Também é importante saber que qualquer valor acima do limite só será ressarcido se o banco puder honrar os compromissos com seus credores – para o que não há qualquer garantia.

Ainda assim, ter a certeza de que o seu dinheiro está protegido por um tipo de seguro e você não paga nada mais por isso traz alívio, não é mesmo? É uma preocupação a menos para você colocar as finanças em dia e dormir de forma tranquila.

Quem faz parte do FGC

São várias as instituições de finanças associadas ao FGC. Participam dele os bancos múltiplos, os bancos de desenvolvimento, os bancos de investimento, os bancos comerciais, a Caixa Econômica Federal, as sociedades de crédito, financiamentos e investimentos, as companhias de hipoteca, as associações de poupança e empréstimo, as sociedades de crédito imobiliário e demais companhias financeiras em funcionamento no Brasil.

Para integrar o Fundo Garantidor de Crédito, as instituições financeiras precisam preeencher alguns requisitos. Entre eles, receber depósitos à vista, realizar aceite em letras de câmbio monetário, captar recursos por emissão e colocação de letras imobiliárias, de letras de hipoteca, de letras de crédito no mercado imobiliário ou de letras de crédito do agronegócio. Além disso, devem captar recursos por meio de operações de compromissos.

Os membros que estiverem associados ao Fundo Garantidor de Crédito devem fazer uma contribuição mensal, a fim de mantê-lo com uma porcentagem sobre os saldos das contas que correspondem às obrigações dos objetos aos quais ele dá suporte.

Créditos que o Fundo Garantidor de Crédito suporta

Para ser protegido pelo Fundo Garantidor de Crédito, é preciso ter inscritos depósitos à vista ou com saque com um aviso prévio, depósitos realizados na conta poupança, depósitos a prazo, depósitos que tenham sido guardados em contas sem movimentação por cheques, com destinação a registro e controle de fluxo, por recursos que se referem à prestação de serviços de pagamento de salários, vencimentos, aposentadorias, pensões e semelhantes.

Outros fundos que o FGC garante são letras de câmbio, letras imobiliárias, letras de hipoteca, letras de crédito imobiliário, letras de crédito do agronegócio, e operações com compromisso (que envolvem objetos com títulos emitidos após o dia 8 de março de 2012, através de uma empresa relacionada).

Serviços financeiros no celular

Para você que precisa organizar as finanças e controlar os gastos, sempre é bom estar com suas contas em dia. Para facilitar sua vida, a Vivo lançou um serviço de pagamento que funciona via celular. O Vivo Zuum funciona como uma conta-corrente pré-paga no qual o usuário pode transferir e receber dinheiro, recarregar o celular e fazer compras. O serviço ainda permite que o cliente tenha um cartão para saque em caixas eletrônicos e é isento de anuidade.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou de conhecer o Fundo Garantidor de Crédito? Deixe seu comentário.

O controle financeiro pessoal e o futebol
Casal melhora as finanças pessoais
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
Unrecognizable buying organic rice in store, blank label