Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Fuja de 5 golpes financeiros que prejudicam seu bolso

A- A+

Cada vez mais os brasileiros precisam estar atentos aos golpes financeiros, sejam eles frutos de ameaças virtuais ou não. A atenção deve ser redobrada para não cair em armadilhas – e é preciso considerar que, todos os dias, estamos expostos a uma grande quantidade delas.

A primeira dica – e a mais básica – é desconfiar de sites, e-mails, telefonemas, cartas e qualquer outro meio de contato que solicite dados pessoais e sigilosos, como informações bancárias e números de documentos.

Vítima de golpes financeiros

No meio eletrônico, usuários estão expostos a ações criminosas diversas. Foto: iStock, Getty Images

Conheça alguns dos golpes financeiros mais comuns

Para ampliar sua proteção e evitar ter prejuízos no bolso, confira cinco dos golpes financeiros mais comuns e elabore sua estratégia para não cair em ciladas.

Telefonema de empresas

Esse golpe é bem antigo, mas ainda há muitas pessoas que caem nele. Alguém liga para você e pede que confirme os dados do seu cartão de crédito. Cuidado! Isso pode ser armação. Dificilmente bancos e instituições financeiras solicitam esse tipo de informação por telefone.

Para tirar a dúvida se é golpe ou não, peça para o atendente o telefone da companhia, e ligue em seguida para checar se esse é mesmo o contato da empresa. Confirme dados apenas quando você ligar na intenção de atualizar informações. Se o contrário acontecer, desconfie.

Contato por cartas

Um golpe comum nesse caso acontece quando o criminoso envia uma correspondência, se passando por uma empresa que sorteou seu nome em um concurso para ganhar um prêmio. Com essa justificativa, ele pede para que seja preenchida uma carta com os dados pessoais e a envie de volta.

Scam

O scam é basicamente o mesmo golpe do contato por cartas, só que em outro canal, o e-mail. Os fraudadores enviam a você uma mensagem na sua caixa de entrada com algum tipo de promoção falsa, como sorteios, prêmios e brindes. Para dar credibilidade às mensagens, eles utilizam a imagens e fontes de empresas idôneas, em uma tentativa de imitar um comunicado oficial.

Phishing

O phishing é uma espécie de continuação do scam. Normalmente, esses e-mails falsos são acompanhados por link ou por programas espiões anexos à mensagem. Assim, quando você clica neles e é direcionado para um site falso, muito similar ao oficial. Nesse momento, é que se caracteriza o golpe.

Spam

Essa talvez seja a mais conhecida das ameaças virtuais. O termo spam se refere aos e-mails enviados para seu endereço sem a sua autorização. Costumam ser direcionados indiscriminadamente a milhares de pessoas ao mesmo tempo.

Entre as suas principais consequências está o não recebimento de mensagem importantes por falta de espaço na caixa de entrada e o acúmulo de mensagens desinteressantes e não solicitadas. Mas o spam pode mascarar o acesso ao seu computador de criminosos com intenções financeiras.

Os riscos que a internet oferece

Como se pode ver, boa parte do golpes financeiros acontecem no ambiente digital, o que requer atenção redobrada das pessoas que utilizam o internet banking. Pesquisa recente realizada pela Kaspersky Lab mostrou que 48% dos consumidores já foram alvo de ciberameaças.

Para Fabio Assolini, analista sênior da Kaspersky Lab no Brasil, é essencial a prevenção para realizar transações financeiras online ou interagir com comunicados enviados pelos bancos. “Recomendamos fortemente que todos os usuários tenham uma solução de segurança para se proteger e evitar essas perdas”, completa o especialista.

De acordo com o dado mais recente da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), os prejuízos causados por golpes em canais eletrônicos somaram R$ 1,8 bilhão em 2015.

Você vai se interessar por:

 

Gostou das dicas para prevenir golpes financeiros? Compartilhe!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças