Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Fuja das dívidas e evite gastar mais do que ganha

A- A+

Se você enfrenta dificuldades para dormir, pois não sabe como fazer para pagar suas contas, seja bem-vindo ao time dos brasileiros que contraem dívidas e sofrem com elas.

Estar endividado é, na avaliação de especialistas em finanças pessoais, o principal inimigo da prosperidade da família brasileira nos dias atuais. Em tempos de crédito fácil e rápido, o consumo descontrolado, impulsionado por um bombardeio publicitário, tem levado o cidadão ao endividamento, interrompendo sonhos de conquistas – e, muitas vezes, levando-o a enfrentar restrições de crédito.

“Se endividar muito é a principal ameaça (às finanças pessoais). É fundamental ficar de olho para que o endividamento não venha a comprometer gastos inevitáveis”, alerta Evaldo Alves, professor da Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas (EESP-FGV).

dividas

Quem tem dificuldade de controlar finanças e gasta além da conta acaba endividado. Foto: iStock, Getty Images

Como evitar as dívidas?

Mas qual a regra para não contrair dívidas? Em primeiro lugar, saber diferenciar os impulsos puramente consumistas. Assim, a pergunta básica que devemos fazer antes de efetuarmos uma negociação é: de fato, preciso disso que estou comprando ou apenas quero?

Não é errado desejar algo. Afinal, trabalhamos não apenas para pagar as nossas contas básicas, mas para termos também algum prazer na vida – e isso se dá de diferentes formas, inclusive assumindo dívidas e comprando algo que se quer, ainda que não seja lá muito necessário.

O problema aparece quando, por impulso, contraímos dívidas que vão comprometer o orçamento por um longo período, ou que provoquem um desfalque financeiro muito além dos provimentos que temos para os gastos mensais. Ficar com o nome sujo em decorrência disso não é nada legal, mas muitos são os brasileiros que experimentam essa sensação.

Isso vai contra outra importante regra da vida financeira saudável: aquela que diz que deve-se sempre gastar menos do que se ganha, tomando decisões conscientes, conforme explica Emerson Fabris, administrador, palestrante e consultor, especialista em gestão de finanças familiares.

Ainda que esse alerta seja repetido inúmeras vezes, gastar demais e contrair dívidas parece ser um comportamento diretamente ligado às expectativas sobre a (falta de) estabilidade financeira do país.

“No Brasil, não se tem o hábito de se fazer um planejamento a médio e longo prazo. Isso se deve muito a uma inflação alta que tivemos no passado e a ameaças atuais de pequenos saltos da inflação. Então, há a ideia que, se a pessoa não consumir hoje, amanhã o produto pode estar muito mais caro”, aponta Evaldo Alves.

Dívidas: mais ganhos, mais gastos

Para o professor da FGV, há ainda outro fator que influencia as pessoas a contraírem dívidas desnecessárias: a ascensão social. “Na medida em que muitos estão ascendendo profissionalmente, também existe uma pressão para aumentar o consumo, para que esse seja compatível com a nova posição social da pessoa”, diz.

Para ter o carro do ano, fazer a viagem dos sonhos, dar o videogame de última geração ao filho mais novo ou pagar a melhor faculdade privada para a filha, a saída acaba sendo estourar o orçamento, o que preocupa os especialistas.

“Houve, nos últimos anos, um estímulo muito grande ao endividamento”, adverte Alves. “Os bancos foram pressionados a aumentarem a oferta de financiamento, foram colocados recursos à disposição para isso e os consumidores aproveitaram a oportunidade, mas ao custo do endividamento. E um nível de endividamento alto é algo preocupante para a economia de um modo geral”, finaliza.

Monitore o seu CPF

Se você não consegue se livrar das dúvidas, pode acabar com o nome sujo. Já imaginou um serviço que alerta cada vez que houver consultas ou movimentações em seu CPF?

Entre as funções do Vivo Alerta CPF, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nas bases de dados da Serasa e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado. Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Gostou das dicas para fugir das dívidas? Deixe um comentário!

É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns