Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Fotos nuas ou informações financeiras vazadas? Pesquisa surpreende

A- A+

Uma pesquisa realizada em 11 países pela empresa de softwares Avast, especializada em antivírus e segurança na internet, identificou um dado que pegou muita gente de surpresa: a maioria dos usuários de smartphones prefere ter expostas suas fotos nuas ao invés das informações financeiras.

De acordo com o que foi apurado pela empresa, as pessoas acreditam que sofreriam consequências pior, e por mais tempo, com a exposição dos dados bancários.

Informações financeiras

Entrevistados revelaram preocupação quanto a riscos de expor dados bancários. Foto: iStock, Getty Images

Entenda a pesquisa

O estudo da Avast perguntou, entre outras questões, se as pessoas preferiam ter suas informações financeiras ou fotos nuas vazadas. A grande maioria, nos 11 países, ficou com a segunda opção. Mais de 23 mil usuários de smartphones participaram.

Ao mesmo tempo, a pesquisa também detectou um problema. Se, por um lado, a preocupação com vazamento de dados e informações sigilosas é grande, não se pode dizer o mesmo sobre as medidas adotadas para garantir a segurança desse conteúdo.

Cerca de 40% dos usuários admitiram não adotar medidas simples para protegê-los. Ao invés de bloquear seus aplicativos bancários, escolhem proteger galerias de fotos e aplicativos de comunicação pessoal, o que mostra um contraste com os dados levantados na pesquisa.

Informações financeiras ou fotos nuas?

A diferença no percentual em relação à preferência quanto ao vazamento de informações financeiras ou fotos nuas varia conforme o país. A maior foi registrada no Reino Unido, enquanto a menor apareceu entre os argentinos. Mas em nenhum país a opção pelos dados bancários predominou. Confira:

País Pessoas ouvidas Fotos nuas Informações bancárias
Brasil 5.264 52,78% 47,22%
Estados Unidos 2.416 76,73% 27,23%
Reino Unido 1.103 72,33% 27,70%
Alemanha 1.167 72,27% 27,73%
Índia 1.139 68,57% 31,43%
França 1.866 67% 33%
Rússia 3.061 64,80% 35,30%
Espanha 1.702 61,51% 38,49%
República Checa 2.186 61,43% 38,57%
México 2.040 52,71% 47,29%
Argentina 1.603 51,28% 48,72%

Os aplicativos mais bloqueados

A pesquisa realizada pela Avast também apontou quais são os aplicativos mais bloqueados pelos usuários de smartphones. Confira a relação:

  • Whatsapp: 14,3%
  • Aplicativos de galerias de fotos: 13,2%
  • Facebook: 9,4%
  • Configurações do Android: 7,8%
  • Google Play: 7,2%
  • Mensagens de texto: 4,8%
  • Contatos: 2,2%
  • Arquivos em geral: 1,4%
  • Navegador Google Chrome: 0,9%

Você vai se interessar por:

Riscos no celular

Se você acha que a vulnerabilidade de seus dados, sejam eles financeiros ou pessoais, se restringe à navegação em computadores, é bom ficar atento. Estudo divulgado pela ClearSale identificou um aumento das ameaças digitais em dispositivos móveis. A expectativa é de que, neste ano, uma em cada seis tentativas de fraudes (18%) ocorra via celular.

Quer se proteger? Instalar antivírus no celular é alternativa reduzir os riscos. E opções para isso não faltam, com muitas empresas estendendo seus softwares de segurança de computadores para smartphones.

Avast, AVG, McAffee e Norton Security são algumas marcas que oferecem soluções para dispositivos móveis. A Vivo também possui planos de antivírus, inclusive com proteção gratuita por 15 dicas, abrangendo computadores, tablets e smartphones.

 

E você, adota medidas para proteger suas informações financeiras? Comente!

Como ter uma boa qualidade de vida
Vítima de golpes financeiros
Não sabe como proteger dados pessoais na internet
Caindo no golpe com cartão de crédito
Prevenindo fraudes no comércio eletrônico
BitLocker