Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Fiscalização da Receita Federal avisa por carta sobre erros no Imposto de Renda

A- A+

A fiscalização da Receita Federal está enviando cartas a 450 mil contribuintes que apresentaram indícios de erros nos dados informados na Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) 2015.

Enviada pelos Correios, a correspondência contém informações sobre as vantagens da autorregularização e orientação de como promovê-la através de acesso ao e-CAC.

Segundo o órgão, o objetivo desse comunicado é alertar os brasileiros para fazerem a retificação da declaração antes que caiam na malha fina e tenham que pagar multas.

Fiscalização da Receita Federal está enviando cartas a 450 mil contribuintes.

Contato através de carta busca incentivar o contribuinte a retificar sua declaração. Foto: iStock, Getty Images

Cronograma da fiscalização da Receita Federal

Conforme o cronograma divulgado, os primeiros contribuintes a receber a carta sãos os que residem nos estados de Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Minas Gerais. Os que moram nas demais localidades devem receber o aviso até o final de setembro. Em um primeiro momento, estão sendo avisados aqueles com imposto a pagar ou saldo zero.

O envio de comunicados é uma das novas estratégias da área de Fiscalização da Receita Federal. Neste ano, porém, o foco principal do órgão é a auditoria de grandes contribuintes.

Fiscalização da Receita Federal: resultados de 2015

Segundo balanço da Secretaria da Receita Federal do Brasil, no primeiro semestre de 2015, o número de autuações da instituição cresceu 39,71% em relação ao mesmo período do ano passado, somando R$ 75,13 bilhões, contra R$ 53,77 bilhões até junho de 2014. Desse total, 75% se referem a grandes contribuintes, com receita superior a R$ 150 milhões.

Entre eles, o setor industrial foi o que recebeu o maior volume de autuações no período, somando R$ 19,3 bilhões, 5% a mais do que em 2014. Em seguida estão os serviços financeiros, com R$ 16,4 bilhões, expansão de 61,3%.

O comércio foi o setor em que as autuações mais cresceram, 120%, totalizando R$ 10,9 bilhões. Em segundo lugar, vieram os serviços, com alta de 114%, para R$ 10 bilhões.

Na fiscalização de pessoas físicas, houve um decréscimo de 13,6% nas autuações. No entanto, houve altas também. A maior delas foi para autônomos (349%), com multas que somam R$ 237,2 milhões.

Foi registrado crescimento significativo também nas autuações de funcionários públicos (153%), que somam R$ 200,5 milhões.

Você vai se interessar por:

Lote Imposto de Renda 2015: veja como consultar sua restituição

Veja dicas para usar a restituição do Imposto de Renda

Imposto de Renda: veja dicas para não errar na declaração

Retificação da Declaração é a melhor saída

Você não precisa esperar a carta de fiscalização da Receita Federal para corrigir erros na sua declaração do Imposto de Renda. Caso você tenha percebido alguma irregularidade, ou a falta de um documento, é possível alterar informações da declaração original.

> Confira como fazer a sua declaração retificadora e fuja da malha fina

 

Esse artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria