Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Fique na moda com peças que sejam a sua cara e sem gastar em excesso

A- A+

Não há mais espaço para novas peças no guarda-roupa, mas, na hora de sair, a sensação é que não há nada para vestir. Embora o problema seja comum, ele tem solução. Diferente do que se costuma imaginar, é possível ficar na moda com pouco dinheiro. O desafio é manter a organização e saber garimpar nos lugares certos.

Algumas vezes, pode ser no seu próprio armário e em outras em lojas que não parecem muito óbvias, mas podem trazer peças que combinam com o seu estilo, sem abusar nos preços. Não sabe como? Confira as dicas de Gabrieli Vargas, stylist e fashion buyer na Matcher.

Fique na moda em brechós

Brechós são uma opção para encontrar belas peças a preços acessíveis ao bolso. Foto: iStock, Getty Images

Na moda com roupas customizadas

As peças customizadas ganham cada vez mais espaço ao longo dos anos e representam uma oportunidade de gastar pouco para renovar o guarda-roupa. Para Gabrieli, a opção não é apenas possível, como também muito indicada.

“Quando realizo a consultoria de estilo, sempre avalio todas as roupas que já estão defasadas ou sem graça para ver se temos como dar uma nova cara ou até mesmo transformá-las em uma nova peça”, explica a stylist.

As duas técnicas mais usadas são a de recorte e tingimento, mas elas não são as únicas. As aplicações, bordados e mesmo a mudança na modelagem também fazem sucesso no mundo da moda e permitem resultados exclusivos. Basta exercitar a criatividade e colocar em prática as suas ideias.

Você na moda com compras no brechó

Outra dica da stylist é recorrer aos brechós. Nem sempre vistos como uma opção para ficar na moda, alguns deles oferecem até mesmo peças de grife que nunca foram utilizadas, mas com um valor mais amigável.

O único cuidado é com as condições que os produtos apresentam, especialmente os usados, que podem estar com furos, manchas ou desgastados em excesso. Se a peça não é exatamente aquela que você queria, uma possibilidade é também recorrer à customização.

“Há tempos eu não encontrava um short jeans preto clássico do jeito que eu queria. Fui em um brechó e achei um da modelagem, mas não era a cor nem o comprimento. Comprei por R$ 20,00, tingi em casa mesmo e fiz uns detalhes com a minha tesoura e pronto, consegui o short do jeitinho que eu queria”, exemplifica Gabrieli.

Se quer ficar na moda, mas está na dúvida sobre qual estilo escolher, aposte nos anos 60 e 70, em alta nessa temporada.

As blusas do tipo ciganinha, ombro a ombro e ainda as saias e vestidos em linha, por exemplo, são tendências que prometem fazer sucesso no verão. Do mesmo modo, o boho style permanece em alta e deve ser febre mais uma vez entre as fashionistas.

Você vai se interessar por:

Veja 6 dicas para economizar com roupa de inverno

Feiras de trocas são oportunidade para renovar seu guarda-roupas

Outlet é opção para obter descontos de grandes marcas

Organize o seu guarda-roupa

Depois de colocar todas as dicas em prática, o próximo passo para estar na moda é organizar o guarda-roupa. Na correria do dia a dia, nem sempre dá tempo para fazer aquela produção que você gostaria. Então, é importante ter fácil acesso aos seus looks preferidos, que não requerem muitas provas.

Para facilitar, uma solução simples é organizar tudo por cor e estação. Assim, mesmo nos dias em que você acordar em cima da hora, vai ser fácil encontrar uma combinação que ofereça estilo, sem deixar de lado o conforto.

 

Gostou das dicas para ficar na moda? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria