Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Fique atento: promoções e descontos podem esconder armadilhas

A- A+

Quantas vezes por mês você adquire algo porque vem com um brinde? E o famoso “leve dois, pague um”? A sabedoria financeira ensina que o impulso é inimigo da razão. Em casos de promoções e descontos, é preciso verificar se o valor em oferta não está embutido em juros, por exemplo.

Como fazer bom uso de promoções e descontos

Pesquisar e comparar preços durante um período são as duas estratégias mais eficazes para se conseguir verdadeiras promoções e descontos. Quando você está há meses acompanhando o custo de um item, é capaz de reconhecer imediatamente se houve (e em que proporção) redução ou aumento.

A dica do Procon do Rio de Janeiro segue a mesma lógica: avalie a real necessidade de ter o produto promocional, evitando uma aquisição irracional.

Pessoas aproveitando promoções e descontos.

Primeira regra para não cair em ciladas é fugir das compras por impulsos. Foto: Shutterstock

No livro A emoção é inimiga do dinheiro, o autor Terry Burnham recomenda que o consumidor tente se controlar ao ler as palavras mágicas “promoções e descontos”, ou ainda “ofertas e brindes”.

Ele explica o que ocorre no nosso cérebro nesses momentos, justificando os comportamentos humanos. É necessário, segundo Burnham, pensar de forma prática para não colocar dinheiro fora. A badalada Black Friday é uma ótima chance para quem quiser se testar nesses conceitos.

3 dicas para não errar

Calcule tempo e locomoção

É comum nas esquinas e sinaleiras entregarem panfletos com promoções ditas imperdíveis. Quando você for atrás de uma delas, coloque nos seus cálculos o tempo que será gasto para chegar ao local e o custo de locomoção até lá. Talvez acabe saindo mais em conta outro concorrente próximo. Examine os prós e os contras de cada opção.

Compras pela internet

Ao navegar na internet, os descontos e promoções pipocam nas telas. O usuário acessa para pesquisar o valor de uma festa de casamento e, minutos depois, está conferindo a oferta de uma bicicleta. Tenha foco. E paciência.

É permitido barganhar no ato de comprar. Ao se deparar com um serviço ou objeto com bom preço na web, reporte-o na loja física e pechinche mais vantagens. Fomente o concorrente pela internet e fora dela em busca de reais benefícios. Não tenha vergonha de valorizar o seu dinheiro.

Atacado ou varejo?

Quando os supermercados de atacado colocam produtos em promoção, vale a pena verificar se outras pessoas topam dividir a conta, inclusive a do transporte.

A obra Compras por Impulso, de Gilberto Strunck, apresenta os comportamentos de compra e mostra como a comunicação das marcas é trabalhada nos varejos. Interessados em compreender os processos usados para potencializar as vendas têm aí um bom jeito de começar a mudar os padrões para evitar falsos bônus.

Você vai se interessar por:

Melhores promoções com descontos

Quer fazer as suas compras pagando menos? Para aproveitar as melhores promoções, conheça o Vivo Descontos. Com esse serviço, você terá direito a cupons de desconto e promoções em restaurantes e lojas das melhores marcas do Brasil. Na primeira semana, não paga nada e, após o fim desse período, é cobrado R$ 2,99 por semana.

> Vivo Descontos: Receba cupons ilimitados por SMS, internet ou aplicativo de smartphones

Você tem uma boa dica para aproveitar promoções e descontos com segurança? Comente!

metas de curto médio e longo prazo
quando vale a pena comprar título de capitalização
como conseguir desconto na compra de livros
exemplos de produtos supérfluos
como pechinchar na internet
como conseguir desconto em faculdade particular