Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Férias de verão na praia não precisam ser tão caras

A- A+

Quando o verão se aproxima, nada melhor do que começar a pensar em opções para passar as férias na praia e aproveitar o melhor da estação. Viajar, no entanto, também exige voltar as atenções para os gastos, que podem não ser poucos.

Algumas medidas simples, porém, ajudam a diminuir o dinheiro investido e garantem maior tranquilidade para curtir a praia e a família.  Tudo começa com o planejamento dos detalhes.

Viaje em grupos no verão

A questão aqui é simples: quanto mais pessoas negociarem de forma conjunta, menores são os gastos para cada uma delas. Além disso, essa é uma oportunidade para reunir amigos e familiares.

Um dos principais gastos na praia é com acomodação. Ao alugar uma casa maior e dividir o valor com outras pessoas, a viagem fica mais barata para todo mundo e sobra mais dinheiro para investir em passeios turísticos, por exemplo. O mesmo vale para gastos com alimentação e gasolina. Se dois casais viajarem juntos, em um mesmo carro, o combustível deixa de pesar tanto no bolso.

verao

Férias planejadas são mais baratas. Foto: iStock, Getty Images.

Evite praias badaladas no verão

Quanto mais procurada for a praia para a qual você e a sua família desejam ir, mais caros serão os custos de estadia e serviços durante o verão. Como o litoral brasileiro é riquíssimo em opções, não é difícil combinar locais atraentes e que possam se encaixar no orçamento.

O ideal também é evitar que suas férias colidam com épocas de grande procura, como Réveillon e Carnaval. Ao viajar nesses dias, o dinheiro investido será muito maior, o que pode implicar em um período menor de estadia.

Poupe com alimentação

Embora o período seja de descanso e passar longe da cozinha pareça atraente, comer fora todos os dias vai elevar os custos da viagem. Que tal escolher alguns pratos, passar no mercado e revesar o preparo das refeições?

Para as compras grandes, prefira supermercados maiores. Aquele mercadinho pode ficar mais perto de sua casa, mas certamente cobrará um preço alto pela sua comodidade. Para não ter que encarar grandes filas a toda hora, faça um planejamento do que irá precisar e compre todos os produtos perecíveis de uma só vez, ou já os leve no porta-malas ao pegar a estrada.

Cozinhar em casa, no entanto, não precisa ser sinônimo de abandonar a culinária local. Alterne comer fora com preparar a comida caseira, faça lanches em algumas refeições. Lembre-se também que, quanto mais perto da praia, mais caro será o serviço.

Leve o se cooler para a praia. Foto: iStock, Getty Images.

Leve o se cooler para a praia. Foto: iStock, Getty Images.

Reduza os gastos na beira da praia

Para gelar a sua bebida ou manter lanches frescos, tente levar um cooler para a beira da praia. Aquela caipirinha do quiosque pode ser tentadora, mas a soma de todas a que você tomar durante o verão podem consumir boa parte do seu orçamento.

Aqui a dica é controle. Não precisa deixar de consumir tudo, mas evite levar mais dinheiro do que o necessário a cada dia de praia. Com isso, é mais fácil controlar os gastos e garantir as melhores compras.

É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
como lidar com a avareza
investir para viajar
viagem econômica para a Disney
como economizar na limpeza
o que fazer com as crianças