Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Fazer lista de compras pode ajudar a economizar no mercado

A- A+

Não precisa ser economista para ouvir o termo finanças pessoais e, imediatamente, pensar em organizar contas e poupar dinheiro. Dentro desse contexto, uma das áreas mais difíceis de cortar gastos é o supermercado. Fazer uma lista de compras pode ser um bom começo.

Desfilar com um carrinho vazio entre dezenas de corredores e centenas de prateleiras é uma prova de fogo ao consumismo, e principalmente àquela ideia de que sempre precisamos de mais alguma coisinha.

Fazer lista evita gastos desnecessários. Foto: iStock, by Getty Images

Fazer lista evita gastos desnecessários. Foto: iStock, by Getty Images

Hábitos para melhorar suas finanças pessoais

Se o velho ditado “você é aquilo que você come” fosse aplicado às finanças pessoais, provavelmente diríamos “você é o que você gasta”. Afinal, a forma que você costuma comprar é que define se gasta mais ou menos dinheiro.

Por isso, mudar velhos hábitos e encarar as compras de uma forma diferente podem ser uma excelente solução para você seguir comprando o que precisa, porém sem deixar uma fatia tão gorda do seu salário no mercado.

Uma pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel em 2013 apontou que os consumidores do Sul do País gastam, em média, 60% a mais no supermercado do que nas demais regiões. Em tempos de alta da inflação, rever seus conceitos é fundamental.

Dicas para turbinar suas finanças pessoais no mercado

Faça uma lista de compras

A lição número um para incrementar suas finanças pessoais é fazer uma lista de compras antes de ir ao supermercado e, claro, não abrir exceções (a menos que tenha esquecido um item muito necessário). Poupar nos itens de menor preço também faz muta diferença no final.

Nunca vá com fome ao supermercado

Parece mentira, mas ir ao supermercado com fome faz você colocar no carrinho uma série de itens desnecessários, só por precaução, achando que vai precisar. Se saiu direto de um compromisso para as gôndolas do mercado, vale a pena fazer um lanchinho antes para não desobedecer o que está na lista de compras

Invista nas marcas próprias

Com os preços no patamar em que estão atualmente, não é hora para ter preconceito com as marcas próprias da sua rede de supermercado. Elas podem custar até 50% menos do que aquelas que aparecem no comerciais de televisão e, de quebra, podem surpreender você.

Avalie comprar no atacado

Outro aliado das finanças pessoais é o atacado, principalmente para famílias grandes. Comprando volumes maiores, a diferença pode ser de até 20% a menos por item. Mesmo para famílias menores, pode ser vantajoso comprar itens não perecíveis, como produtos de limpeza e higiene.

Compre depois do dia 15

Embora as propagandas da rede varejista sejam massivas no primeira metade do mês, é na segunda quinzena que o esforço é maior para atrair os consumidores com menos dinheiro. Comprar nesse período pode representar um ganho nas suas finanças pessoais.

Faça compras semanais

Fazer estoque de alguns produtos às vezes vale a pena, mas o ideal é ir ao supermercado semanalmente. Dessa forma, além de comparar preços constantemente, não se compra em excesso, evitando desperdícios.

Defina um orçamento

Traçar uma meta de gastos ajuda a definir o que pode ou não entrar no seu carrinho. Há diversas ferramentas para a gestão financeira. Atualmente há ferramentas de controle de gastos gerenciadas por celular, como o Vivo Zuum.

Trata-se de uma conta pré-paga, sem necessidade de ter conta em banco, onde você pode fazer saques, pagamentos, verificar saldos e pagar contas por meio de um aplicativo no celular. Como as operações ficam limitadas ao saldo que você carregou, fica mais fácil controlar seu orçamento em meio a tantas tentações de consumo.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou das dicas para fazer lista de compras? Deixe seu comentário.

gazebo dobrável
como economizar na limpeza
aplicativos para economizar no supermercado
comer peixe
reduzir gasto com doméstica
mão aberta