Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Fatura do cartão de crédito: o que fazer se não pode pagar o valor integral

A- A+

fatura do cartão de crédito chegou. Se você é uma pessoa disciplinada com seus gastos e têm controle sobre as contas, esse não é um momento ruim. Mas se, ao abrir a correspondência, você descobriu que extrapolou e agora não tem como pagar o valor total, o que faz: parcela a fatura ou paga o valor mínimo?

Claro que o ideal seria que você pagasse o valor total da fatura do cartão de crédito – essa é a dica número 1 de especialistas quanto ao uso do dinheiro de plástico. Mas, por alguma razão, o mundo ideal não está ao seu alcance no momento. A escolha entre uma solução ou outra demanda cálculos e visualizações de cenários para que os gastos com juros pesem menos no bolso.

Os juros do financiamento do pagamento mínimo são maiores do que os do parcelamento.

Os juros cobrados no parcelamento da fatura do cartão de crédito são menores. Foto: iStock, Getty Images

Fatura do cartão de crédito: faça os cálculos

Antes de tomar a decisão sobre o que fazer com a fatura do cartão de crédito, o consumidor deve calcular os cenários de acordo com os juros das duas possibilidades.

No caso do pagamento mínimo, você entra no chamado crédito rotativo, que compromete o limite do plástico e ainda possui as taxas de juros mais altas praticadas no mercado. O parcelamento da fatura também compromete o limite do cartão, mas possui taxas de juros menores.

Cenário 1: pagamento mínimo

Os juros do crédito rotativo giram atualmente em torno de 15% ao mês, ou seja, cerca de 470% ao ano. Caso o consumidor tenha uma fatura do cartão de crédito no valor de R$ 1 mil, com pagamento mínimo de R$ 150 (15% do valor total, de acordo com determinação do Conselho Monetário Nacional), o cálculo é esse:

Valor total: R$ 1 mil

Pagamento mínimo: R$ 150

Total da dívida para o próximo mês (R$ 850 x 15%): R$ 977,50.

Caso o consumidor continue mantendo os mesmos gastos, a próxima fatura do cartão de crédito será de R$ 1.977,50, com pagamento mínimo de R$ 296,63.

Cenário 2: parcelamento da fatura

Os juros do parcelamento da fatura do cartão de crédito costumam ser menores e, atualmente, giram em torno de 7% ao mês, ou 127% ao ano.

Valor total: R$ 1 mil

Parcelamento da fatura em seis vezes (R$ 1 mil dividido por 6): R$ 166,67

Juros (R$ 1 mil x 7% = R$ 70, dividido por 6): R$ 11,67 ao mês

O parcelamento será de 6 parcelas (R$ 166,67 + R$ 11,67): R$ 178,34.

Caso o consumidor continue mantendo os mesmos gastos, a próxima fatura será de R$ 1.178,34.

Então, qual melhor opção?

Em apenas um mês, a diferença entre os juros das duas opções apresentadas é de R$ 115,83 (R$ 127,50 – R$ 11,67), sem contar com os R$ 850 que acumulam para a fatura do próximo mês no caso do pagamento mínimo. Diante dos cálculos, o parcelamento da fatura do cartão de crédito é a melhor saída.

“Os juros do financiamento do pagamento mínimo são maiores do que os praticados no parcelamento”, destaca o consultor financeiro do SOS Dívidas, Emanuel Gonçalves da Silva. “O pagamento mínimo também funciona como uma bola de neve e isso pode mais atrapalhar do que ajudar suas finanças pessoais, principalmente se o consumidor continuar usando o plástico, perpetuando o ciclo da dívida”, completa.

Você vai se interessar por:

O que você precisa saber antes de pedir cartão de crédito

Use o cartão de crédito a seu favor no controle de contas

Entenda quando são cobrados juros do cartão de crédito

Cartões de crédito com benefícios

O cartão de crédito pode oferecer muitos benefícios para os usuários. Os Cartões de Crédito Vivo, em parceria com o Itaú e o Santander, dão bônus e pontos para você falar mais em ligações para telefone fixo ou de longa distância, enviar SMS e acessar a internet, além de descontos em cinema e muitas outras vantagens.

> Cartão de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Gostou das dicas sobre a fatura do cartão de crédito? Deixe seu comentário.

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito