Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Faça a si mesmo 3 perguntas e descubra como evitar gastos desnecessários

A- A+

Adequar o consumo à renda disponível é tarefa fundamental para quem deseja manter as contas em equilíbrio, mas nem por isso ela é menos difícil de se cumprir. E se o desafio é justamente aprender como evitar gastos desnecessários, a saída é uma só: adotar a educação financeira.

Gastos desnecessários no orçamento

Para Ana Paula Pavanatti, educadora, terapeuta e assessora financeira da Reorg Gestão Financeira, o primeiro passo para quem deseja entender como evitar gastos desnecessários é identificar quais são os seus custos mensais básicos. Ou seja, todos aqueles que não podem ser cortados, como aluguel, luz e água.

Eles representam o dinheiro que já possui destino certo e que não pode ser comprometido com outros gastos. Subtraído esse valor, você tem a quantia disponível para todo o resto e que pode ser adaptada. “Atente ao desperdício do cotidiano. Se você sabe o quanto que precisa ter para sobreviver, já é um grande passo”, explica Ana Paula.

Aprender como evitar gastos desnecessários é importante.

Organização ajuda a manter as contas em equilíbrio e afastar risco do endividamento. Foto: Shutterstock

Mas lembre-se de que também é desse valor que sai o dinheiro necessário para realizar os seus sonhos. Para que eles não fiquem para depois ou exijam contratar empréstimos, a dica é definir metas específicas.

Se você quer viajar com os filhos no fim de ano, estime o quanto precisa economizar e até quando. Para trocar de carro ou começar um curso novo, vale o mesmo esforço financeiro.

Como evitar gastos desnecessários com 3 perguntas

A próxima etapa é aprender a consumir de maneira consciente e alinhada aos objetivos que você pretende alcançar. Para facilitar, sempre utilize essas três perguntas básicas:

1. Eu preciso?

De acordo com pesquisa realizada em 2015 pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), oito em cada dez consumidores admitem que as promoções os levaram a realizar compras por impulso.

Para evitar que esse se torne um problema para as suas finanças, a dica é sempre se perguntar se você realmente precisa daquilo que está prestes a comprar ou se tudo não passa de um desejo pontual.

O cuidado vale desde o supermercado até uma simples volta no shopping, que pode gerar mais gastos do que estava nos planos.

Você vai se interessar por:

Controle financeiro impede gastos desnecessários

Anotar gastos diários é primeiro passo para cortar excessos

Corte de gastos é prevenção diante de incertezas na economia

2. Eu posso?

Muitas vezes, a compra pode até ser necessária, mas é preciso avaliar o impacto que ela tem no orçamento. Se o pagamento exige contratar um empréstimo ou comprometer a renda com longas e onerosas prestações, vale a pena pensar mais uma vez antes de pagar.

3. Qual é o meu sonho?

Conhecer os seus sonhos e saber o que eles exigem para sua concretização não é apenas uma maneira de planejar, mas também um modo de manter você focado no que realmente importa. Por isso, sempre que tiver um impulso de compra, pense em como aquela quantia pode afetar a realização dos seus objetivos.

 

Qual é a sua receita sobre como evitar gastos desnecessários? Comente!

como aprender com erros de finanças
tempo é dinheiro?
como fazer um plano financeiro
como economizar na limpeza
melhor lugar para trabalhar
comprar alimentos no atacado