Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Estudo de viabilidade indica se a sua ideia de negócio tem futuro

A- A+

Você acumula o dinheiro necessário para investir em um negócio próprio, firma a parceria com um sócio e já sabe onde ficará a sede da empresa. Mas como garantir que o empreendimento será bem-sucedido? Nessa hora, o estudo de viabilidade surge como um dos principais aliados dos empreendedores. Vamos entender melhor?

Estudo de viabilidade está relacionado ao sucesso

Toda empresa precisa ser planejada com antecedência. Do contrário, o empreendedor corre  o risco de ver o seu investimento ruir, seja pela falta de controle do fluxo de caixa, pela expectativa não confirmada da demanda ou pela força da concorrência.

Dentro desse contexto de planejamento, o estudo de viabilidade é uma ferramenta que permite avaliar, com antecedência, se a companhia conseguirá atingir um patamar de autossustentabilidade – no qual ela, por si só, será capaz de prover os recursos necessários para custear a operação.

Homem monta estudo de viabilidade

Estudo de viabilidade faz parte do planejamento prévio para abrir um negócio. Foto: iStock, Getty Images

Na pesquisa Causa Mortis, realizada pelo Sebrae-SP entre 2007 e 2011, a importância do planejamento fica latente. O órgão ouviu 2,8 mil empresas paulistas para diagnosticar as razões para a mortalidade e descobriu que, entre as companhias que encerraram suas atividades em menos de cinco anos, 82% foram planejadas por, no máximo, seis meses.

Ficou convencido da importância do planejamento? Então, chegou a hora de entender como fazer um estudo de viabilidade na prática.

Como fazer um estudo de viabilidade

Para fazer um estudo de viabilidade, é preciso seguir uma lógica bastante simples. Considera-se viável financeiramente uma empresa capaz de devolver – por meio do lucro – parte do investimento realizado para constituir o negócio.

Além disso, espera-se que uma empresa consiga proporcionar uma taxa de lucratividade superior às outras opções de investimentos em que o risco é menor, como poupança, fundos de investimento e aplicações em renda fixa.

Para elaborar o seu estudo de viabilidade, considere as seguintes orientações:

  • Faça um levantamento detalhado a respeito dos principais fontes de receita da empresa
  • Elabore o mesmo levantamento considerando as despesas e os custos
  • Divida os custos em duas categorias: fixos (que independem da produção) e variáveis (que dependem do montante produzido)
  • Faça uma projeção com esses dados para os próximos cinco anos
  • Projete o montante de investimento adicional necessário para viabilizar a empresa
  • Com todas essas informações em mãos, construa um fluxo de caixa projetado para os cinco anos
  • Simule dificuldades e projete diferentes cenários, considerando a capacidade da empresa de superar adversidades.

Você vai se interessar por:

Por fim, vale lembrar que é recomendável adotar um perfil conservador na hora de fazer as análises e projeções. Seja racional, não menospreze as dificuldades e repense as estratégias sempre que necessário.

Se, mesmo com as orientações, você ainda tem dúvidas a respeito do estudo de viabilidade, a melhor dica é recorrer a consultores especializados. Embora não seja barato contratar um serviço desse tipo, o investimento pode valer a pena no médio e longo prazo: é melhor pagar um pouco a mais pelo estudo hoje do que lidar com a falência no futuro.

 

Gostou das dicas para fazer um estudo de viabilidade? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria