Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Escolhas saudáveis na alimentação não precisam pesar no bolso

A- A+

A Medicina alerta, a todo instante, que fazer escolhas saudáveis no que se refere à alimentação é essencial para ter uma vida mais longa e plena. Entretanto, muita gente ainda não entendeu o recado.

Conforme a Organização Mundial da Saúde, uma a cada três mortes no Brasil é causada por problemas cardíacos. E as cardiopatias estão relacionados com problemas intimamente ligados à alimentação, como colesterol alto e diabetes.

Não raro, a justificativa para preterir as escolhas saudáveis aponta para o preço. Nas gôndolas dos supermercados, os alimentos orgânicos, sem glúten e sem lactose se mostram mais caros. Mas será que uma reeducação alimentar necessariamente precisa afetar o bolso?

Escolhas saudáveis fazem bem para sua saúde.

Encontrar os ingredientes certos para a sua alimentação faz diferença na saúde e no bolso. Foto: Shutterstock

O que são escolhas saudáveis

Em primeiro lugar, é preciso definir o que são, realmente, as escolhas saudáveis que você fará em termos de alimentação. Há controvérsias até mesmo entre nutricionistas e médicos, ou mesmo entre adeptos de algumas dietas específicas.

Mas é fato que os produtos processados que você encontra nas prateleiras do supermercados, carregados de conservantes, não são exatamente o que se pode chamar de saudável. Se quer qualidade, uma opção é comprar os ingredientes e preparar em casa. Nesse caso, o preço já começa a cair.

Se você tem o hábito de cozinhar em casa, não será nada difícil fazer escolhas saudáveis – basta substituir alguns alimentos por outros. O arroz branco, por exemplo, pode ceder espaço ao arroz integral, as massas podem ser substituídas por “macarrão de abobrinha” ou de outros legumes que entram no lugar deste carboidrato.

Você mesmo pode fazer o pão, seja de farinha integral, de aveia ou de outros ingredientes que você preferir. Use a criatividade, prepare suas receitas e veja como até o bolso sai ganhando.

Faça em casa: onde encontrar os ingredientes

Feiras

As famosas feirinhas de produtos orgânicos estão se proliferando Brasil afora. Geralmente, as hortaliças são vendidas diretamente pelo produtor, o que deixa os preços bem mais em conta. Nem sempre há muita variedade (é mais difícil conseguir determinadas frutas, por exemplo), mas vale a pena tanto financeiramente como para a sua saúde.

Casas especializadas

Hoje em dia, é fácil encontrar casas especializadas, que vendem ingredientes para comida natural, desde os mais diversos tipos de farinha (integral, de arroz, de batata e tudo mais) até os grãos e temperos conhecidos por suas propriedades medicinais.

A vantagem é que muitas delas vendem os produtos por peso. Assim, você compra só o que irá consumir, sem desperdiçar dinheiro ou alimentos.

Supermercados

Muitos produtos utilizados na culinária saudável são encontrados também nas grandes redes de supermercado. O arroz integral, a farinha de arroz, a farinha integral e o açúcar orgânico estão entre estes alimentos.

Busque inspirações

Conforme relatos de adeptos das escolhas saudáveis, o segredo de preparar refeições que façam bem à saúde e não deixem a desejar no sabor está nas receitas.

Portanto, explore os sites e blogs com dicas. Você vai ver que pode fazer de tudo, desde o macarrão até a pizza. E o melhor: gastando pouco.

Você vai se interessar por:

Faça as contas e descubra se o almoço em casa não sai mais barato

Aprenda como parar de gastar ao adotar 6 hábitos saudáveis

Drible a crise com uma dieta barata e saudável

Organize suas finanças

Para aprender a controlar as contas do lar, é preciso ouvir quem sabe. Se você quer usar o seu dinheiro de um jeito mais inteligente, conheça o Vivo Finanças Pessoais. Com ele, você recebe mensagens e participa de jogos que lhe ajudam a controlar seus gastos, poupar e investir. E você ainda participa de sorteios diários.

> Vivo Finanças Pessoais: Receba dicas por SMS e concorra a R$ 2.500 todos os dias

Gostou das dicas para se alimentar bem sem gastar muito? Compartilhe!

como abrir uma pizzaria
como lucrar vendendo cachorro quente
como montar uma pastelaria
inflação nos alimentos
comer peixe
almoço por quilo