Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Escolha dos lugares para viajar tem impacto direto no custo das férias

A- A+

Já dizia a escritora belga Marguerite Yourcenar, que “as viagens são uma bela ocasião para nos encontrarmos com nós próprios”. O problema é que nem sempre o orçamento familiar consegue bancar as viagens que sonhamos. A escolhas dos lugares para viajar, geralmente, depende das condições financeiras de quem está organizando o passeio.

Lugares para viajar: a influência da escolha

São muitos os fatores que influenciam na escolha dos lugares para viajar, mas a questão financeira costuma ser uma das mais impactantes. As viagens envolvem uma série de quesitos que custam caro e que podem ser um problema para quem não está com o orçamento tão folgado assim. A distância entre o seu lugar de origem e o destino, a procura turísticas e a documentação são apenas alguns deles.

“As questões de alta e baixa temporada são fatores fundamentais para o preço final da viagem”, diz o agente de viagens Paulo Grassi. Isso significa que, quando você cria a lista de lugares para viajar ideais, você precisa saber qual é o período do ano em que pretende realizar a viagem. Nas épocas em que há muita procura turística, os preços aumentam.

seudinheiro-Lugares-para-viajar

Se você escolher lugares para viajar que estejam em alta, vai gastar mais. Foto: iStock, by Getty Images

Outro fator que, segundo Paulo, influencia bastante no preço final é a ocorrência de eventos de grande porte no mesmo período. É claro que se o seu objetivo é estar presente nesses eventos, esse é um item que precisa contar nos seus cálculos. Nos Estados Unidos, por exemplo, o período de 4 de julho tem custos muito mais altos do que outras épocas.

Evitar os lugares da moda também é ideia para quem está querendo economizar na viagem”, indica o agente. Existem centenas de destinos turísticos no mundo. Quando um lugar é muito procurado pelos turistas, o setor de turismo local eleva os preços, em busca de lucro. Se você escolher lugares para viajar que estejam em alta, vai gastar mais.

Paulo também diz que os destinos internacionais têm saído mais em conta do que as viagens dentro do território brasileiro. “Sem fazer uma avaliação profunda, é mais caro viajar pelo Brasil. O valor dos aéreos e da hotelaria tem ficado bem acima da média nos últimos anos”, explica o agente de viagens.

Dicas de lugares para viajar

Para Paulo Grassi, as viagens com longa duração são aquelas que oferecem a melhor relação custo x benefício. Ele explica que, quando você vai passar um período de 30 dias em um país, por exemplo, se adapta melhor à rotina e consegue compreender quais são as melhores formas de economizar por lá e, então, conhece diferentes lugares, explora continentes, sem gastar muito.

“Uma pessoa que quer viajar e realmente conhecer um país, eu indicaria que fizesse um intercâmbio. Além de estudar o idioma ela poderá conhecer melhor os costumes e a cultura do país. E pode viajar nos finais de semana para cidades ou, até mesmo, países próximos”, diz Paulo Grassi, ressaltando as experiências mais aprofundadas.

Ele indica ainda que os melhores meses do ano para fazer esse tipo de viagem são os períodos compreendidos entre março e maio e setembro e novembro. “São períodos de baixa temporada e os preços caem”, explica o agente. Viagens de intercâmbio para Malta, por exemplo, saem por aproximadamente 1.925 euros nesse período.

Para o Canadá, nas cidades de Vancouver ou Toronto, a média de preços nessa época é de 3.105 dólares canadenses. Já para a capital inglesa, Londres, são 1.792 libras esterlinas.

Pesquise passagens e hotéis

A Vivo tem um site especializado na pesquisa de ofertas para que o usuário compre nos maiores sites de e-commerce filtrando os melhores preços e produtos em diversos departamentos: o Vivo Compras, que possui ofertas para viagens, como passagens e reservas de hotéis.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para passagens

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple