Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Entenda quando recorrer ao financiamento para adquirir imóvel ou veículo

A- A+

Comprar um carro ou imóvel à vista não é opção que cabe no orçamento de qualquer um. Por isso, o financiamento se torna a principal alternativa para quem pretende comprar a casa de seus sonhos ou um automóvel novo e que atenda às necessidades da família.

Mas os dois tipos de financiamento não são vistos sob a mesma ótica pelos especialistas em finanças. Enquanto parcelar uma casa é alternativa aceitável, desde que o prazo não seja muito longo, financiar a compra do carro não tem a mesma receptividade.

Financiamento pode ser opção para realizar sonho de comprar uma casa nova. Foto: iStock, Getty Images

Financiamento pode ser opção para realizar sonho de comprar uma casa nova. Foto: iStock, Getty Images

Dicas para o financiamento da casa própria

“O melhor seria ter dinheiro suficiente para pagar à vista, mas como o sonho da casa própria é algo muito importante em nosso país e os valores envolvidos são altos, muitas vezes o financiamento é a solução clássica”, avalia o fundador do Minhas Economias, Décio Kimura.

Mesmo para quem possui dinheiro disponível, financiar o imóvel pode ser encarada como uma forma de garantir recursos para pagar outras dívidas ou mesmo para fazer uma viagem internacional com toda a família. O ideal, no entanto, é que a casa seja prioridade. Se a opção for pelo financiamento, Décio Kimura dá duas dicas antes de fechar o negócio:

  1. É imprescindível que o comprador já tenha ou seja capaz de construir, a curto prazo, uma reserva para imprevistos. Isto possibilitará que a mensalidade seja paga, mesmo que a renda mensal sofra alguma redução
  2. Compare e negocie os juros cobrados pelo financiamento. Pequenos percentuais podem significar enormes montantes de dinheiro em prazos muitos longos. Sempre que possível, negocie a dívida no menor número de parcelas possível, cuidando para que o valor não comprometa a renda.

Financiamento de carros pode não ser a melhor escolha

Quando o assunto é o financiamento do automóvel, no entanto, o especialista vê mais desvantagens. “Ao contrário da casa própria, que é um bem que irá ser utilizado por toda a vida, o automóvel deve ser encarado como despesa, não como um investimento”, explica. Enquanto um imóvel tende a valorizar, o mesmo não ocorre com um carro, que tende a diminuir seu valor de fábrica em pouco tempo.

Para o sócio da Monte Bravo Investimentos, Pier Mattei, há uma condição em que o financiamento do carro pode ser considerado como uma opção válida.“Existem casos em que o automóvel é instrumento de trabalho e renda de uma pessoa, então, passa a ser mais condizente financiá-lo, uma vez que o próprio carro vai ajudar a pagar as prestações”, avalia. Muitas vezes, a família já possui um automóvel, mas há mais de uma pessoa que precisa do veículo para trabalhar, por exemplo.

Preserve o seu patrimônio

Comprou uma casa nova e quer garantir mais segurança? Em parceria com a ACE Seguradora, a Vivo oferece o serviço Seguro Proteção Residencial. Com ele, você tem acesso a coberturas contra incêndio, raio e explosão, roubo e furto qualificado de bens, danos elétricos e responsabilidade civil familiar. Você ainda pode contar com a comodidade e segurança de pagar seu seguro mensalmente através de sua fatura de celular Vivo.

Gostou das dicas para o seu financiamento? Deixe seu comentário!

Empréstimo ou financiamento
É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como lidar com a avareza