Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Entenda por que pagar juros aumenta tanto a sua dívida

A- A+

Quando você pede um empréstimo ao banco ou atrasa o pagamento de uma conta, é preciso pagar juros. Muitas vezes representados por um número que parece pequeno, eles escondem a sua capacidade de multiplicar uma dívida.

O resultado é o conhecido efeito bola de neve. Uma parcela se acumula após a outra e, de repente, o orçamento não é mais suficiente para quitar todas as contas. Mas você já parou para pensar como os juros funcionam? Nem todos eles são calculados da mesma maneira, o que pode mudar, e muito, o tamanho do prejuízo.

Pagar juros gera dívidas

Quando dívidas se acumulam, bola de neve se forma e fica difícil sair do vermelho. Foto: Shutterstock

Pagar juros e as suas dívidas

Conforme explica Daniel Sousa, professor de economia do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec-RJ), os pagar juros equivale ao valor de “aluguel” do dinheiro. Ao pedir uma quantia emprestada ao banco, por exemplo, o lucro que ele ganha é a porcentagem extra cobrada mês após mês.

Ou seja, quanto maior for o número de prestações, mais alto também é o valor que você vai pagar pelo empréstimo. Por isso, a dica dos especialistas é sempre juntar um bom valor de entrada.

Já na fatura do cartão de crédito, de outro modo, a taxa de juros só é cobrada quando o pagamento ocorre em atraso ou a partir do crédito rotativo. Nesse caso, o principal cuidado é quitar a dívida antes da data de vencimento.

Continue a leitura sobre por que pagar juros aumenta sua dívida consideravelmente em Vivo Mais Saudável, onde você encontra outras informações e dicas sobre saúde, bem-estar e qualidade de vida.

Confira também

Empréstimo ou financiamento
não consigo pegar empréstimo
não consigo pagar o aluguel
não consigo pagar financiamento veículo
cartão de loja pode cobrar anuidade?
empréstimo pelo celular